Stock: Valdeno Brito tem dia perfeito no Velopark

O piloto paraibano foi o mais rápido nas duas sessões.

Valdeno Brito sobrou nesta sexta-feira nos treinos livres para a terceira etapa da Copa Caixa Stock Car. O piloto da equipe Cosan Mobil Super Racing (Chevrolet) foi o mais rápido nas duas sessões no Autódromo Internacional do Velopark, em Nova Santa Rita (RS), fechando o dia com o melhor desempenho entre os 34 pilotos que disputam a divisão principal da Stock Car. O paraibano marcou o tempo de 51seg727. Marcos Gomes, da Blau Full Time (Peugeot) ficou com o segundo melhor tempo do dia, 51seg954, enquanto Max Wilson, da Eurofarma RC (Chevrolet), foi o terceiro, com 51seg957.

A programação oficial prossegue neste sábado, no Velopark. O terceiro treino livre será das 8h05 às 9h50, ficando o classificatório para as 11h20. No domingo, a largada será às 10h55, com transmissão ao vivo pelo Canal SporTV e a Rede Globo mostrará a largada e chegada ao vivo, além de um compacto com os melhores momentos dentro do Esporte Espetacular.

Oitavo colocado na classificação geral, Valdeno vem conseguindo um bom rendimento neste início de temporada. Em Nova Santa Rita, o piloto conseguiu um terceiro tempo no treino livre de quinta-feira e foi o destaque da sexta-feira.

O paraibano era só sorriso depois dos treinos livres desta sexta-feira. Também não era por menos. O piloto da Cosan Mobil Super Racing foi o melhor nas duas baterias do dia. O mérito ele deu para sua equipe. “O dia foi ótimo. Devo esses resultados ao grupo que trabalha comigo. A equipe fez um carro muito competitivo e que está andando muito aqui no Velopark. Não existe piloto sem carro e o meu está excelente”, enfatizou Valdeno, que comemorou com os mecânicos e fez questão de agradecer a todos.

O piloto ainda disse que o objetivo é largar na frente, pelo menos entre os seis primeiros, e espera fazer uma boa prova no domingo.

Resultados acumulado da sexta-feira na Copa Caixa Stock Car:

1º) Valdeno Brito (Chevrolet) 51s727
2º) Marcos Gomes (Peugeot) 51s954
3º) Max Wilson (Chevrolet) 51s957
4º) Átila Abreu (Chevrolet) 51s961
5º) Luciano Burti (Peugeot) 51s970
6º) Ricardo Mauricio (Chevrolet) 52s046
7º) Nonô Figueiredo (Chevrolet) 52s120
8º) Allam Khodair (Peugeot) 52s259
9º) Popó Bueno (Chevrolet) 52s261
10º) Ricardo Zonta (Peugeot) 52s320
11º) Diego Nunes (Peugeot) 52s327
12º) Antonio Pizzonia (Chevrolet) 52s353
13º) Tarso Marques (Chevrolet) 52s354
14º) Felipe Maluhy (Chevrolet) 52s405
15º) Daniel Serra (Peugeot) 52s409
16º) Julio Campos (Peugeot) 52s452
17º) Alan Hellmeister (Peugeot) 52s466
18º) Cláudio Ricci (Peugeot) 52s491
19º) Cacá Bueno (Peugeot) 52s493
20º) Lico Kaesemodel (Peugeot) 52s510
21º) Alceu Feldman (Peugeot) 52s525
22º) Xandinho Negrão (Chevrolet) 52s548
23º) Christian Fittipaldi (Chevrolet) 52s570
24º) Thiago Camilo (Chevrolet) 52s572
25º) Duda Pamplona (Chevrolet) 52s588
26º) David Muffato (Peugeot) 52s620
27º) Constantino Jr. (Peugeot) 52s667
28º) Pedro Gomes (Chevrolet) 52s670
29º) Betinho Gresse (Chevrolet) 52s681
30º) Gustavo Sondermann (Chevrolet) 52s772
31º) Antonio Jorge Neto (Peugeot) 52s807
32º) Giuliano Losacco (Peugeot) 52s853
33º) William Starostik (Chevrolet) 53s123
34º) Thiago Marques (Peugeot) 53s966

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *