Stock: Valdeno lidera treinos da Stock Car em Curitiba

Xandinho fecha o “Top 10” e mostra evolução da equipe campeã.



O paraibano Valdeno Brito, radicado há quatro anos em Londrina, dominou os treinos que abriram a programação oficial da segunda etapa da Stock Car. Nesta sexta-feira, o vencedor da corrida do milhão de dólares em 2008 quebrou o equilíbrio ao cravar a volta mais rápida com vantagem de quatro décimos sobre o amazonense Antonio Pizzonia, o segundo mais veloz. “Estou muito feliz. Deixei de copiar o acerto dos meus companheiros, procurei o meu caminho e está dando certo”, disse o “Expresso da Paraíba”, que correu na temporada passada na Equipe Medley e defende agora a RCM Motorsport.

Atual campeã de equipes e pilotos, a Medley também comemorou a evolução dos carros em relação à estréia em Interlagos. O sorriso largo do estreante Xandinho Negrão ao deixar o carro e constatar no monitor de tempos que ficara em 10º não deixava margem a dúvidas. “Estamos chegando lá, hein?”, comentou, satisfeito com a posição. “Pena que eu tenha errado na curva do Pinheirinho em minha volta mais rápida. “Somando todas as melhores parciais, teria terminado em 2º”, completou. O companheiro William Starostik andou o dia inteiro com um único jogo de pneus e ficou em 29º. “Preferi guardar os pneus seminovos e novos para amanhã e simular as condições do treino classificatório já próximo das tomadas de tempo”, explicou. “No final do dia, meus pneus estavam mais gastos do que se eu tivesse feito as 32 voltas da prova”, lembrou.

As equipes aproveitaram os ensaios para checar o comportamento do sistema de escape dos carros, cujos canos foram reposicionados para evitar o aquecimento do cockpit como na estréia em São Paulo. Como os boxes foram liberados apenas no início da tarde de ontem, os mecânicos só encerraram a montagem do componente no final da noite. Com isso, ao menos no caso da Medley, o acerto básico dos carros só foi feito na manhã de hoje. A corrida contra o tempo, no entanto, não trouxe qualquer conseqüência negativa. “Comparando com Interlagos, é outro carro”, elogiou Xandinho, contente com os trabalhos realizados nas oficinas da equipe em Petrópolis. Ao longo do dia, os mecânicos exercitaram a troca dos quatro pneus, que passará a ser obrigatória a partir de domingo.

O líder Paulo Salustiano (Vogel) confirmou a boa fase ao estabelecer a quinta marca e voltar a superar o parceiro Thiago Camilo, oitavo no geral das duas sessões. O campeão Ricardo Maurício (RC) parou na pista com pane no acelerador na parte da tarde e finalizou em 12º. Na Red Bull Racing, equipe coirmã da Medley, Daniel Serra e Cacá Bueno ficaram em 6º e 7º.

Neste sábado, os carros voltam à pista a partir das 9h15 para a terceira e última sessão de treinos livres. As tomadas classificatórias começarão às 13h30. A primeira, com 20 minutos de duração, definirá as posições de 17º a 32º; a segunda, cinco minutos mais curta, determinará as colocações de 7º a 16º. Os seis primeiros e o pole serão conhecidos após os 10 minutos da terceira, com base na média das três melhores voltas de cada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *