Super Clio: Em uma prova de recuperação, Sperafico vence a 6ª etapa em Curitiba

Depois de largar na 5ª posição e nas primeiras voltas cair para a 7ª, Sperafico vence a prova de domingo em Curitiba.


Na largada Wagner Ebrahim que largou na pole segurou a primeira posição, sendo seguido por Aldo Piedade, Elias Nascimento Jr., o estreante na categoria André Bragantini e João Campos.

Logo na 3ª volta um carro rodou sozinho na entrada da reta dos boxes o que obrigou Felipe Costa a desviar sua tragetória e bater na barreira de pneus. O piloto nada sofreu porém o carro foi bastante danificado, espalhando alguns pedaços de carenagem pela pista, o que obrigou a entrada do Safety Car.

Na relargada Ebrahim manteve-se na ponta e Aldo Piedade que havia perdido posição para Elias Jr. conseguiu se recuperar. Em seguida Piedade consegue ultrapassar Ebrahim e assumir a ponta, trazendo consigo Elias Jr. e André Bragantini.

Elias Jr. e Bragantini se tocam na entrada do “S” e é o fim de prova para Elias Nascimento Jr., obrigando mais uma vez a entrada do Safety Car.

Na relargada, Piedade segue na ponta, seguido por Bragantini, Ebrahim, Campos e Sperafico.

Sperafico consegue ultrapassagem em cima de João Campos no final da reta e encostou em Ebrahim para lutar por posição. Na entrada da curva da vitória, Sperafico consegue a ultrapassagem.

André Bragantini assume a ponta e Sperafico que briga pela segunda posição com Aldo Piedade acaba tocando no paulista que é obrigado a sair da pista.

Faltando duas voltas para o final, Sperafico ultrapassa Bragantini para assumir a ponta e vencer em Curitiba a segunda prova seguida.

Confira a classificação final da prova:

1º) André Bragantini Jr (PR), 21 voltas em 36:14.402 (média de 128.46 km/h)
2º) Wagner Ebrahim (PR), a 0.445
3º) Aldo Piedade Jr (SP), a 0.689
4º) João Campos (RS), a 0.978
5º) Luis Frediani (SP), a 8.556
6º) Rafael Sperafico (PR), a 17.427
7º) Peter Gottschalk (SP), a 40.444
8º) Afonso Rangel (PR), a 57.114
9º) Fábio Brecailo (PR), a 1:18.283
10º) Elias Nascimento (RJ), a 1 volta
11º) Doglas Pierosan (PR), a 4 voltas
12º) Carlos Iaconelli (SP), a 13 voltas
13º) Felipe Costa (SP), a 20 voltas

Melhor Volta: Rafael Sperafico, 1:33.083

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *