Super GT: Categoria tem novidades, Tufão e classificação igual à Fórmula 1

Brasileiro fez o 15º tempo no treino livre de sexta-feira.

As atividades dos 300 km de Motegi, sétima etapa do Campeonato Japonês de Super GT que será realizada domingo (09/9), começaram com duas novidades. A primeira foi nesta sexta-feira (07/9), quando a primeira sessão de treinos livres não foi realizada, por causa das intempéries que assolaram o Japão nesta semana. “Foi um dia normal… Teve um tufão ontem a noite e hoje cedo. Daqueles…”, contou o brasileiro João Paulo de Oliveira (Nissan), aparentemente já acostumado com esta situação depois de quase quatro anos residindo naquele país.

Para estas três últimas etapas do mais importante campeonato de GT da Ásia, será implantado um novo sistema de treinos classificatórios. A partir deste sábado (08/9), a segunda sessão de classificação será dividida em três partes, com processo de eliminação dos carros mais lentos, a exemplo do que acontece na Fórmula 1, onde só os mais rápidos continuam na pista para os dois últimos prosseguimentos. “Espero poder melhorar um pouco e ficar entre os 12 melhores. Se passarmos do primeiro grupo e entrarmos na relação dos 12 primeiros, já vai estar bom”, torce João Paulo, que mesmo ficando com o 15º no treino livre, sabe que o sinuoso circuito de 11 curvas nos 4.801 metros do Twin Ring Motegi não dificulta as ultrapassagens.

O mais rápido na primeira atividade foi o Toyota Lexus SC430 da dupla japonesa Tora Takagi/Yuji Tachikawa, com 1min46s104 (média de 162,91 km/h). Liderando o campeonato, o Honda NSX de Ralph Firman (IRL) e Daisuke Ito (JAP) ficou com o nono tempo. João Paulo e o japonês Seiji Ara, com Nissan Fairlady Z, foram cronometrados em 1min47s572. “Os tempos estão mais próximos se compararmos com o ultimo teste coletivo que a categoria fez. Então, fizemos um pequeno avanço nos pneus. Estamos a dois décimos dos 10 primeiros”, contou o brasileiro, um dos dois únicos representantes da fábrica Yokohama. “Melhoramos um pouco a construção dos pneus dianteiros e isso corrigiu bastante a frente do carro, agora temos um pouco de problemas com a traseira”.

Os melhores tempos no treino livre dos 300 km de Motegi foram:
1. Toranosuke Takagi (JAP) / Yuji Tachikawa (JAP), Toyota Lexus SC430, 1min46s104
2. Ryo Michigami (JAP) / Takashi Kogure (JAP), Honda NSX, 1min46s261
3. Michael Krumm (ALE) / Tsugio Matsuda (JAP), Nissan Fairlady Z, 1min46s570
4. Loic Duval (FRA) / Fábio Carbone (BRA), Honda NSX, 1min46s789
5. Katsutomo Kaneishi (JAP) / Toshihiro Kaneishi (JAP), Honda NSX, 1min46s887
6. Dominik Schwager (ALE) / Shinya Hosokawa (JAP), Honda NSX, 1min46s922
7. Benoit Treluyer (FRA) / Kazuki Hoshino (JAP), Nissan Fairlady Z, 1min46s954
8. Richard Lyons (IRL) / Satoshi Motoyama (JAP), Nissan Fairlady Z, 1min47s094
9. Ralph Firman (GBR) / Daisuke Ito (JAP), Honda NSX, 1min47s188
10. Andre Couto (POR) / Katsuyuki Hiranaka (JAP), Toyota Lexus SC430, 1min47s423
11. Andre Lotterer (ALE) / Juichi Wakisaka (JAP), Toyota Lexus SC430, 1min47s430
12. Takeshi Tsuchiya (JAP) / Manabu Orido (JAP), Toyota Lexus SC430, 1min47s489
13. Sebastien Philippe (FRA) / Masataka Yanagida (JAP), Nissan Fairlady Z, 1min47s518
14. Bjorn Wirdheim (SUE) / Tatsuya Kataoka (JAP), Toyota Lexus SC430, 1min47s569
15. João Paulo de Oliveira (BRA) / Seiji Ara (JAP), Nissan Fairlady Z, 1min47s572
16. Peter Dumbreck (GBR) / Naoki Hattori (JAP), Toyota Lexus SC430, 1min47s596

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *