Super GT Japonês: Kazuki Nakajima/James Rossiter vencem os 1000 Km de Fuji

A dupla formada pelo japonês Kazuki Nakajima e o britânico James Rossiter (Lexus RC-F/ Tom’s) venceu neste domingo (31/08), os 1000 Km de Fuji, no Japão, sexta etapa do Super GT Japonês.

Após alinharem na pole, a dupla da Tom’s venceu após 173 voltas, com 50 segundos de vantagem sobre a dupla Tsugio Matsuda/Ronnie Quintarelli  (Nissan GT-R/ Nismo). A dupla Naoki Yamamoto/Frédéric  Makowiecki (Honda NSX/Dome), com uma volta de atraso, completou o pódio da GT500.

O brasileiro João Paulo de Oliveira (Nissan GT-R/ Impul), em dupla com o japonês Hironobu Yasuda, terminou na nona posição.

A prova foi marcada por um forte acidente com a dupla Kodai Tsukakoshi/ Toshihiro Kaneishi (Honda NSX/Real) , que alinhou na segunda posição. Na volta 88, o Honda bateu violentamente no muro da veloz curva 130R.

Matsuda/Quintarelli lideram o campeonato com 60 pontos, quatro a mais do que a dupla Andrea Caldarelli/Daisuke Ito, sues parceiros na Tom’s. De Oliveira/Yasuada, com 49, estão em terceiro.

Estreando na categoria, o brasileiro Augusto Farfus dividiu a condução do BMW Z4 GT3 #7 do BMW Sports Trophy Team Studie, com o japonês Seiji Ara e o alemão Jörg Müller.

Farfus terminou em terceiro na GT300, conquistando um pódio logo em sua primeira corrida pela categoria.

“Deixo Suzuka muito satisfeito com nosso resultado aqui. O terceiro lugar foi muito positivo, já que corremos com 40 kg de lastro, e mesmo com nosso carro bem pesado, conseguimos um lugar no pódio. Tivemos um ritmo de corrida bastante competitivo do começo ao fim, e o troféu que levo para casa é fruto do bom trabalho que todos nós realizamos durante o fim de semana. Enfim, retorno muito feliz por sentir a atmosfera fantástica que envolve os 1000 km de Suzuka e poder ter ajudado toda a equipe com este grande resultado.”, declarou Farfus.

A vitória na GT300 ficou com o trio japonês Hiroki Yoshimoto/Akira Iida/Shinya Sato (BMW Z4 GT3/LM Corsa).

A dupla Tatsuya Kataoka/Nobuteru Taniguchi lidera na Classe GT300 com 56 pontos.

A próxima etapa acontece no Buriram United International Circuit, na Tailândia, no dia 05 de outubro.

Resultados das últimas provas:

Final, Autopolis, 01 de junho:

1 – Matsuda-Quintarelli (Nissan GT-R) – Nismo – 65 voltas em 1.58’46″067
2 – Motoyama-Yanagida (Nissan GT-R) – Mola – 5″788
3 – Yasuda-De Oliveira (Nissan GT-R) – Impul – 23″285
4 – Ito-Caldarelli (Lexus RC-F) – Tom’s – 23″649
5 – Rossiter-Hirakawa (Lexus RC-F) – Tom’s – 24″036

Final, Sugo, 20 de junho:

1 – Tachikawa-Hirate (Lexus RC-F) – Cerumo – 79 voltas em
2 – Ito-Caldarelli (Lexus RC-F) – Tom’s – 1’20”016
3 – Tsukakoshi-Kaneishi (Honda NSX) – Real – 1 volta
4 – Nakajima-Baguette (Honda NSX) – Nakajima – 1 volta
5 – Oshima-Kunimoto (Lexus RC-F) – LeMans – 1 volta
9 – Yasuda-De Oliveira (Nissan GT-R) – Impul – 2 volta

Final, Fuji, 10 de agosto:

1 – Yamamoto-Makowiecki (Honda NSX) – Dome – 66 voltas 2:56’20″543
2 – Matsuda-Quintarelli (Nissan GT-R) – Nismo – 2″129
3 – Nakajima-Baguette (Honda NSX) – Nakajima – 3″570
4 – Tsukakoshi-Kaneishi (Honda NSX) – Real – 5″106
5 – Rossiter-Nakajima (Lexus RC-F) – Tom’s – 5″775
8 – Yasuda-De Oliveira (Nissan GT-R) – Impul – 11″510

Final, Suzuka, 31 de agosto:

1 – Rossiter-K.Nakajima (Lexus RC-F) – Tom’s – 173 voltas em 5.37’27″911
2 – Matsuda-Quintarelli (Nissan GT-R) – Nismo – 50″549
3 – Yamamoto-Makowiecki (Honda NSX) – Dome – 1 volta
4 – Liuzzi-Matsuura (Honda NSX) – Aguri – 1 volta
5 – Oshima-Kunimoto (Lexus RC-F) – LeMans – 2 voltas
10 – Yasuda-De Oliveira (Nissan GT-R) – Impul – 8 voltas

Campeonato:

1. Quintarelli-Matsuda 60 pontos; 2. Caldarelli-Ito 56; 3. Yasuda-De Oliveira 49; 4. Yamamoto e Rossiter 47; 6. Oshima-Kunimoto 42; 7. Tachikawa-Hirate 39; 8 K. Nakajima 39; 9. Makowiecki 36; 10. Motoyama-Yanagida 25.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *