Super GT: João Paulo de Oliveira sofre acidente na penúltima etapa no Japão

Brasileiro foi envolvido em acidente com quatro carros quando estava em quinto.

 


O brasileiro João Paulo de Oliveira (Nissan) foi envolvido em um grande acidente na penúltima etapa do Campeonato Japonês de Super GT, disputada neste domingo (14/10) no circuito de Autópolis, no Japão, e não pontuou. “Fazia uma corrida muito boa. Até que dois carros bateram e ficaram parados no meio de uma curva cega e eu acabei batendo neles e também levei um pancadão por trás. Mesmo depois do acidente e com quatro carros parados, a direção de prova não paralisou a corrida. Foi um grande erro da parte deles”, lamentou o paulista. Com isso, ele caiu para a 11ª posição do mais importante certame de carros GT da Ásia.


Largando da sétima fila, João Paulo ultrapassou nove carros até a 29ª volta e já ocupava a quinta posição. Já era quase o fim do turno de pilotagem do brasileiro, quando teve um acidente entre o Toyota do Tora Takagi e um carro da GT 300 na saída de um hairpin cego, em que não se vê nada, e a direção de prova não paralisou a corrida com bandeira vermelha. “Eu vinha lento, pois eu sabia que havia alguma coisa porque tinha bandeira amarela na curva anterior, mas nunca imaginava que eles estariam parados dentro da curva cega. Então dei uma ‘panca daquelas’ no Takagi, que estava no meio da pista. Não tive mesmo pra onde ir, e o Benoit Treluyer, que vinha atrás de mim, ainda me acertou por trás”, contou. “Essa atitude da direção de prova foi bastante criticada por todo mundo. Vamos pra próxima, fazer o que?”.


Pela terceira vez na temporada o irlandês Ralph Firman e o japonês Daisuke Ito venceram e conseguiram a difícil proeza de conquistar por antecipação o Campeonato Japonês de Super GT para a Honda. A última etapa será no dia 4 de novembro, em Fuji (Japão).


Os primeiros na penúltima etapa da Super GT em Autopolis foram:


1. Ralph Firman (IRL) / Daisuke Ito (JAP), Honda NSX, 65 voltas em 1h55min57s024;
2. Dominik Schwager (ALE) / Shinya Hosokawa (JAP), Honda NSX, a 10s145;
3. Andre Couto (POR) / Katsuyuki Hiranaka (JAP), Toyota Lexus SC430, a 19s887;
4. Michael Krumm (ALE) / Tsugio Matsuda (JAP), Nissan Fairlady Z, a 37s125;
5. Ryo Michigami (JAP) / Takashi Kogure (JAP), Honda NSX, a 37s407;
6. Andre Lotterer (ALE) / Juichi Wakisaka (JAP), Toyota Lexus SC430, a 43s05.


O Campeonato Japonês de Super GT500 após oito etapas está assim:


1. Ralph Firman (IRL) / Daisuke Ito (JAP), Honda NSX, 91
2. Ryo Michigami (JAP) / Takashi Kogure (JAP), Honda NSX, 62
3. Michael Krumm (ALE) / Tsugio Matsuda (JAP), Nissan Fairlady Z, 61
4. Dominik Schwager (ALE) / Shinya Hosokawa (JAP), Honda NSX, 60
5. Andre Lotterer (ALE) / Juichi Wakisaka (JAP), Toyota Lexus SC430, 49
5. Loic Duval (FRA) / Fábio Carbone (BRA), Honda NSX, 49
7. Richard Lyons (IRL) / Satoshi Motoyama (JAP), Nissan Fairlady Z, 48
8. Toranosuke Takagi (JAP) / Yuji Tachikawa (JAP), Toyota Lexus SC430, 45
9. Bjorn Wirdheim (SUE) / Tatsuya Kataoka (JAP), Toyota Lexus SC430, 38
10. Sebastien Philippe (FRA) / Masataka Yanagida (JAP), Nissan Fairlady Z, 30
11. João Paulo de Oliveira (BRA) / Seiji Ara (JAP), Nissan Fairlady Z, 28
12. Andre Couto (POR) / Katsuyuki Hiranaka (JAP), Toyota Lexus SC430,21
13. Takeshi Tsuchiya (JAP) / Manabu Orido (JAP), Toyota Lexus SC430, 20
14. Benoit Treluyer (FRA) / Kazuki Hoshino (JAP), Nissan Fairlady Z, 19
14. Katsutomo Kaneishi (JAP) / Toshihiro Kaneishi (JAP), Honda NSX, 18
15. Peter Dumbreck (ESC) / Naoki Hattori (JAP), Toyota Lexus SC430, 14

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *