Super GT: João Paulo de Oliveira vence na Malásia

Brasileiro largou em 14º e depois de 15 voltas já estava na liderança em Sepang.

Fazendo apenas a sua segunda corrida com o modelo 2007 do Nissan Fairlady Z, o brasileiro João Paulo de Oliveira comprovou a sua competência ao vencer neste domingo (24/6), na Malásia, pelo Campeonato Japonês de Super GT. “Foi uma corrida bem feita. Vim engolindo todo o mundo e liderei três quartos da prova. Foi a vitória da minha paciência com a consistência dos pneus Yokohama”, comemorou o paulista. Com esta vitória, ele subiu para a oitava posição no principal e mais rápido certame de carros de turismo da Ásia, com 20 pontos. A liderança agora é da dupla formada pelo britânico Ralph Firman e o japonês Daisuke Ito (JAP), com Honda NSX, que somam 37 pontos.

Largando da 14ª posição, em virtude do fraco desempenho dos pneus Yokohama para voltas rápidas, a equipe de João Paulo preparou uma estratégia de apenas um pit stop para a competição de 54 voltas pelos 5.542 metros do circuito de Sepang, que anualmente sedia o GP da Malásia de Fórmula 1, pensando principalmente na temperatura ambiente de 36 graus centígrados, com 52 graus no asfalto. “Muita gente optou por fazer duas paradas, porque o consumo de pneus é muito alto aqui em Sepang. Eu larguei e preservei bastante os pneus durante as seis primeiras voltas e depois disso vim ultrapassando um por um até liderar”, contou o brasileiro. “Assumi a liderança bem antes do meu pitstop. Na volta 15 eu já estava em primeiro. O mais impressionante foi que eu mantive o tempo e eles caíram, e muito. Minha volta mais rápida foi uma antes de entrar nos pits, ainda estava baixando os tempos depois de 32 voltas”, explicou.

Na estratégia inicial da equipe João Paulo iria fazer o pitstop para troca de pneus na volta 26. No entanto, como o paulista estava andando rápido e constante na frente, e mudou o mapeamento para economizar combustível, ele acabou passando o volante para Seiji Ara apenas depois de 33 voltas. “Nossa estratégia de um pitstop funcionou muito bem. Passei o meu Nissan com 40 segundos de vantagem na frente. Tudo deu certinho, a estratégia foi perfeita, os pneus funcionaram muito bem e pude manter a constância. O pessoal da equipe e a imprensa valorizaram muito que fiz hoje”, comemorou o ex-campeão japonês de Fórmula 3.

O Super GT Japonês é a principal categoria de carros de turismo da Ásia, e uma das mais potentes, rápidas e equilibradas do mundo. No ano passado nenhuma dupla venceu mais de uma prova nas dez etapas do campeonato, e em 2007 já foram quatro vencedores em quatro provas realizadas. Divididos em duas classes, denominadas GT500 e GT300, que se diferem pela potência dos motores – com 500 hp e 300 hp, respectivamente -, todos correm juntos na pista somando em torno de 40 competidores. A quinta etapa será realizada dia 29 de julho em Sugo, no Japão.

O resultado da prova em Sepang, na Malásia foi:

1. João Paulo de Oliveira (BRA) / Seiji Ara (JAP), Nissan Fairlady Z, 54 voltas em 1h49min13s210;
2. Dominik Schwager (ALE) / Shinya Hosokawa (JAP), Honda NSX, a 11s251;
3. Benoit Treluyer (FRA) / Kazuki Hoshino (JAP), Nissan Fairlady Z, a 18s433;
4. Toranosuke Takagi (JAP) / Yuji Tachikawa (JAP), Toyota Lexus SC430, a 27s381;
5. Takeshi Tsuchiya (JAP) / Manabu Orido (JAP), Toyota Lexus SC430, a 27s894;
6. Ralph Firman (GBR) / Daisuke Ito (JAP), Honda NSX, a 32s725;
7. Sebastien Philippe (FRA) / Masataka Yanagida (JAP), Nissan Fairlady Z, a 33s215;
8. Andre Lotterer (ALE) / Juichi Wakisaka (JAP), Toyota Lexus SC430, a 39s967;
9. Bjorn Wirdheim (SUE) / Tatsuya Kataoka (JAP), Toyota Lexus SC430, a 45s613;
10. Michael Krumm (ALE) / Tsugio Matsuda (JAP), Nissan Fairlady Z, a 1min20s120;
11. Ronnie Quintarelli (ITA) / Naoki Hattori (JAP), Toyota Lexus SC430, a 1min38s438;
12. Katsutomo Kaneishi (JAP) / Toshihiro Kaneishi (JAP), Honda NSX, a 1 volta;
13. Andre Couto (POR) / Katsuyuki Hiranaka (JAP), Toyota Lexus SC430, a 1 volta;
14. Richard Lyons (IRL) / Satoshi Motoyama (JAP), Nissan Fairlady Z, a 1 volta;
15. Loic Duval (FRA) / Fábio Carbone (BRA), Honda NSX, a 1 volta.

Pontuação do Campeonato Japonês de SuperGT após quatro etapas:

1. Ralph Firman (GBR) / Daisuke Ito (JAP), Honda NSX, 37
2. Dominik Schwager (ALE) / Shinya Hosokawa (JAP), Honda NSX, 37
3. Richard Lyons (IRL) / Satoshi Motoyama (JAP), Nissan Fairlady Z, 36
4. Toranosuke Takagi (JAP) / Yuji Tachikawa (JAP), Toyota Lexus SC430, 34
5. Michael Krumm (ALE) / Tsugio Matsuda (JAP), Nissan Fairlady Z, 33
6. Bjorn Wirdheim (SUE) / Tatsuya Kataoka (JAP), Toyota Lexus SC430, 22
7. Loic Duval (FRA) / Fábio Carbone (BRA), Honda NSX, 22
8. João Paulo de Oliveira (BRA) / Seiji Ara (JAP), Nissan Fairlady Z, 20
9. Andre Lotterer (ALE) / Juichi Wakisaka (JAP), Toyota Lexus SC430, 19
10. Ryo Michigami (JAP) / Takashi Kogure (JAP), Honda NSX, 16
11. Benoit Treluyer (FRA) / Kazuki Hoshino (JAP), Nissan Fairlady Z, 15
12. Sebastien Philippe (FRA) / Masataka Yanagida (JAP), Nissan Fairlady Z, 13
13. Takeshi Tsuchiya (JAP) / Manabu Orido (JAP), Toyota Lexus SC430, 13
14. Peter Dumbreck (GBR) / Naoki Hattori (JAP), Toyota Lexus SC430, 10
15. Katsutomo Kaneishi (JAP) / Toshihiro Kaneishi (JAP), Honda NSX, 6
16. Andre Couto (POR) / Katsuyuki Hiranaka (JAP), Toyota Lexus SC430, 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *