TC2000: Na Patagônia, Cacá Bueno começa marca a pole

O piloto brasileiro Cacá Bueno fez a pole position hoje, na abertura do campeonato Argentino de TC 2000, em Comodoro Rivadávia, na Patagônia, sul da Argentina. Cacá completou os 3.760 mts do circuito de General San Martin em 1.15.846.


Cacá teve o primeiro contato com o seu Honda Civic na manhã deste sábado, quando foi pela primeira vez para a pista. E já gostou do que viu. Com o carro muito bem acertado, Cacá cravou o terceiro tempo. Na segunda sessão do dia e, mais confiante, por conhecer mais pista, Cacá subiu para a segunda posição, surpreendendo a  todos que estavam no circuito.

Em um sistema inédito de classificação na TC 2000 e parecido com a Stock Car, Cacá, literalmente começou o campeonato com o pé direito. Acelerou muito ficando a frente dos seus três companheiros da equipe oficial Honda Petrobras/Lubrax. Pato Silva, o segundo e Henry Martin, o terceiro. Carlos Okulovich ficou em décimo. “Nem acreditei quando a equipe me avisou pelo rádio que tinha feito a pole. Tenho que agradecer a todos que acreditaram em mim, me convidando a voltar a correr na Argentina. Valeu a pena! Depois de um fim de 2006 fantástico na Stock Car, sei que 2007 promete. Estou em meu melhor momento da carreira.”, disse Cacá na entrevista coletiva após o treino.

Cacá volta a defender as cores da Petrobras.

“Estou muito feliz em voltar a defender o nome desta empresa que, para mim, é a grande responsável pelo crescimemto do automobilismo brasileiro”. Cacá Falou com entusiasmo para a imprensa Argentina. Com três vice campeonatos de Stock Car, Cacá lamenta não ter conseguido ser campeão, usando o nome da Petrobras no peito. “Este ano, aqui na Argentina, vou lutar como nunca para colocar a Petrobras no lugar que merece. O primeiro.”, disse Cacá.

Confira o grid completo da prova da Patagônia:


 













































































































































































Pos Piloto Marca Tempo Dif.
1 57 CACA BUENO  HONDA  1;15,846
2 3 JUAN M. SILVA  HONDA  1;15,924 0,078
3 58 HENRY MARTIN HONDA  1;16,058 0,212
4 6 MARTIN BASSO FORD  1;16,149 0,303
5 2 CHRYSTIAN LEDESMA  CHEVROLET  1;16,173 0,327
6 8 EMILIANO SPATARO  RENAULT  1;16,384 0,538
7 1 MATIAS ROSSI CHEVROLET  1;16,425 0,579
8 7 GUILLERMO ORTELLI RENAULT  1;17,167 1,321
9 24 LUCAS ARMELLINI CHEVROLET  1;26,671 10,825
10 4 CARLOS OKULOVICH HONDA
11 25 ESTEBAN TUERO CHEVROLET  1;16,445
12 12 LUIS JOSE DI PALMA  FORD  1;16,611
13 44 MARCELO BUGLIOTTI  CHEVROLET  1;16,646
14 21 LEONEL PERNIA HONDA  1;17,095
15 14 PATRICIO DI PALMA  VW  1;17,137
16 56 NELSON GARCIA FORD  1;17,237
17 32 FRANCO COSCIA HONDA  1;17,313
18 9 NORBERTO FONTANA TOYOTA  1;17,374
19 11 FABIAN FLAQUE FORD  1;17,433
20 40 DANIEL BELLI HONDA  1;17,949
21 15 LEANDRO CARDUCCI VW  1;18,232
22 46 GUILLERMO VALLE FORD  1;18,389
23 20 OSCAR FINESCHI HONDA  1;18,405
24 17 FABIAN YANNANTUONI CHEVROLET  1;18,448
25 26 JUAN P. ROSSOTTI FORD  5;20,159

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *