Top Race V6: Sorocabano Fábio Fogaça vai testar na Argentina

Campeão brasileiro da Stock Jr. foi convidado para correr numa das principais categorias argentinas.

O presente de Natal chegou mais cedo para Fábio Fogaça (Braspress/Feeder/Consórcio Case/Emee/Beta). O jovem (18 anos) piloto sorocabano, que recentemente conquistou o título de campeão brasileiro de Stock Jr, foi convidado para testar na categoria Top Race V6 nestas terça e quarta-feiras, em La Plata, na Argentina. “Quero aproveitar a oportunidade para conhecer uma pista nova e uma categoria bem mais potente do que a Stock Jr”, comentou Fogacinha.

 

A Top Race V6 está entre as três principais categorias do automobilismo argentino, ao lado da TC2000 e Turismo Carretera. Ela ficou mais em evidência neste final de semana, depois que o atual campeão Jose Maria Lopes passou a ser indicado como provável piloto da US F1, nova equipe do Mundial de Fórmula 1. “Os melhores pilotos argentinos, inclusive aqueles que já correram na Fórmula 1 e Fórmula Indy, e os que foram campeões de Fórmula 3 e Fórmula Renault estão nesta categoria. Então, tenho que supor que ela é muito boa e que o nível de exigência de meu teste será alto”, acredita Fábio, que lembrou que o canadense Gilles Villeneuve também disputou algumas provas em 2009.

 

O teste do brasileiro será na equipe Canapino Racing, este ano defendida pelo piloto Agustín Canapino, oitavo colocado no campeonato com um Mercedes. Nesta temporada as 14 provas tiveram uma média de 35 pilotos, usando cinco marcas diferentes de carros tubulares com motor V6 de 350 cavalos de potência: Mercedes, Ford Mondeo, Chevrolet Vectra, VW Passat e Peugeot 407. “Estou bem animado. Enquanto não surgem oportunidades no Brasil, vou experimentar esta opção que pode ser muito vantajosa, pois eles testam bastante. Todo piloto precisa treinar para aprender e se desenvolver”, enfatizou Fábio Fogaça, que em seu segundo ano no automobilismo já ganhou o Capacete de Prata, concedido ao segundo melhor piloto de carros tipo Turismo do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *