Trofeo Maserati: Urnhani, outra vez brilhante, de ponta a ponta

O piloto paulista César Urnhani, equipe Blausiegel, foi o grande vencedor da 8ª etapa do Campeonato Brasileiro Maserati, no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. E ganhou de ponta a ponta, como havia previsto, tão logo terminou a sessão classificatória ontem quando conseguiu conquistar a pole position.

O piloto paranaense Renato Cattalini largou e chegou em 2º lugar. E, na tabela de classificação geral da temporada, permanece líder, com 293 pontos. Urnhani se mantém na 2ª colocação, com 273 pontos. No entanto, na classificação com o descarte dos três piores resultados, a ordem ganha uma inversão: César Urnhani, com 265 pontos, tem 12 a mais que Renato Cattalini (253).

Nesse cenário, a definição da 4ª temporada do Campeonato Brasileiro Maserati ficou para 9ª e última etapa, no dia 16 de dezembro, no Autódromo Municipal José Carlos Pace, Interlagos, em São Paulo.

Na avaliação de César Urnhani, “toda a estratégia do final de semana deu certo. Com a pole position, na corrida eu tinha de largar bem. Foi o que aconteceu. Renato tentou me ultrapassar no final da reta Oposta, mas me sai bem. A partir daí, foi uma questão de dar uma `estilingada` e administrar as duas baterias”.

Cattalini, por sua vez, admitiu que foi difícil superar o oponente Urnhani. “Não posso me queixar do resultado. O carro me proporcionou uma ótima corrida. Na 2ª bateria, ao trocar os pneus dianteiros por novos, o carro caiu de rendimento, o que provocou a aproximação de Rafael Derani e depois de Tigueis. Na última curva, o Tigueis tocou em meu carro, mas consegui chegar à bandeirada”, explicou.

“Agora, vamos para São Paulo. Nada está perdido. Vamos trabalhar forte para que o título de 2007 fique em nossas mãos”, enfatizou Cattalini. Urnhani, por sua vez, disse que “não ganhamos nada ainda. Vamos para São Paulo. Mas com um bom histórico em Interlagos. Ganhei as duas etapas deste ano”, lembrou.

Em 3º lugar chegou o piloto convidado Carlos Batista “Tigueis”, que correu em lugar de Carlos Crespo. E fez uma corrida emocionante. Primeiro porque tentou, a todo o custo, ultrapassar Rafael Derani, que só permitiu a sua passagem porque perdeu os freios. E, depois, a menos de 500 metros do final, tentou passar o líder da temporada, Renato Cattalini.

Chico Longo, depois de se envolver  em acidente com o piloto Marcelo Hahn, logo na 3ª volta, não concluiu a 1ª bateria. Mas, conseguiu retornar na 2ª bateria, e fez uma corrida de recuperação, mas graças as desistências de Rafael Derani (16 voltas) e Valter Rossete (6 voltas).

O piloto Walter Derani terminou as duas baterias na 5ª colocação e soma mais 28 pontos. Com isso, ele permanece na 5º lugar na tabela de classificação.

Diante desse cenário, somente dois pilotos – Renato Cattalini e César Urnhani – disputam o título do Campeonato Brasileiro Maserati, temporada 2007, que acontece em São Paulo no dia 16 de dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *