Truck: Leandro Totti conquista primeira pole da MAN

Na terceira corrida dos caminhões modelo TGX, a MAN comemora sua primeira pole-position na Fórmula Truck. Leandro Totti foi o mais rápido neste sábado (18) na fase decisiva da tomada de tempos classificatória e vai liderar o grid do GP Aurélio Batista Félix, neste domingo (19) em Caruaru (PE). A prova no Autódromo Internacional Ayrton Senna contará pontos como terceira etapa do Campeonato Brasileiro e segunda do Sul-Americano.

Totti, que em 2012 conquistou os títulos brasileiro e sul-americano da Fórmula Truck, sobressaiu-se no Top Qualifying, fase decisiva das tomadas de tempo que submetem os oito pilotos mais rápidos a um novo confronto. Com o caminhão número 73 da MAN Latin America Racing Team, ele cobriu os 3.180 metros do circuito pernambucano em 1min48s391, com média de 105,617 km/h – foi a volta mais rápida de todo o fim de semana de treinos.
 
“A engenharia da MAN tinha previsto, no início do ano, que a partir da terceira corrida teríamos caminhão para brigar pela pole e pela vitória. A pole já veio, agora é buscar a vitória”, falou Totti, satisfeito com o desenvolvimento do novo caminhão. “O equipamento é confiável, e largar da pole aqui me dá uma vantagem, que é poder administrar. Na corrida, a tática vai ser a de me manter em primeiro, abrir vantagem e administrar. A chance é muito boa”, avaliou.
 
Totti terá a seu lado, na primeira fila, o gaúcho Régis Boessio, com o Mercedes-Benz da ABF Desenvolvimento Team. Segundo colocado na corrida do mês passado em Londrina, o vice-líder do Campeonato Brasileiro mostrou-se satisfeito. “O segundo lugar foi o limite. Arriscar um pouquinho mais seria correr o risco de perder tudo que já tinha sido conquistado. Meu trem de corrida é bom, já mostramos isso em Londrina, vamos para cima”, prometeu.

Wellington Cirino, líder do Campeonato Sul-Americano, vai alinhar o caminhão da ABF/Mercedes-Benz em terceiro lugar no grid. Um resultado que não o deixou satisfeito. “Eu queria mais e tinha equipamento para isso”, disse o líder do Campeonato Sul-Americano, vencedor da etapa pernambucana no ano passado. “A turbina demorou a encher em duas curvas, isso pode ter feito a diferença. Ainda assim, tenho caminhão para vencer”, assegurou.
 
Ao lado de Cirino na segunda fila do grid estará Paulo Salustiano, com o Mercedes-Benz número 55 da ABF Racing Team. Ele é líder do Campeonato Brasileiro. “Meu caminhão teve um desgaste muito grande de pneus. A equipe trocou os quatro pneus traseiros para a classificação e a nossa ideia era ficar entre os quatro primeiros, então o resultado ficou dentro do esperado”, disse. “Para a corrida a história é outra. Estou no páreo, sim”, frisou.

O goiano Leandro Reis, pela Original Reis Competições, e o paulista Roberval Andrade, da Ticket Car Corinthians Motorsport, pilotos de caminhões Scania, vão formar a terceira fila do grid, respectivamente em quinta e sexta. A relação dos que participaram do Top Qualifying inclui ainda o paulista Felipe Giaffone, da MAN Latin America Racing Team, em sétimo, e o pernambucano Beto Monteiro, da Scuderia Iveco, em oitavo.

Três pilotos foram desclassificados da tomada de tempos por conta do excesso de fumaça expelida pelos caminhões: Luiz Lopes, piloto do Iveco da Lucar Motorsports, Jansen Bueno, com o Volvo da DB Motorsport, e José Maria Reis, da Original Reis Competições, terão suas posições de largada, de 22ª a 24ª, serão definidas pela direção de prova na manhã deste domingo, logo após o treino de aquecimento marcado para as 9h.
 
O GP Aurélio Batista Félix, neste domingo, terá largada às 13h15. A transmissão ao vivo em HD pela Rede Bandeirantes terá início às 13h, com os bastidores e a abordagem da expectativa para a corrida, com narração de Téo José, comentário de Eduardo Homem de Mello e reportagem de Luiz Silvério e Vytor Zeidan. O grid definido nos treinos classificatórios deste sábado na pista do Autódromo Internacional Ayrton Senna é o seguinte:

Top Qualifying
1º) Leandro Totti (SP/MAN), MAN Latin America Racing Team, 1min48s391
2º) Régis Boessio (RS/Mercedes-Benz), ABF Desenvolvimento Team, 1min48s928
3º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 1min49s085
4º) Paulo Salustiano (SP/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 1min49s097
5º) Leandro Reis (GO/Scania), Original Reis Competições, 1min49s361
6º) Roberval Andrade (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, 1min49s459
7º) Felipe Giaffone (SP/MAN), MAN Latin America Racing Team, 1min49s554
8º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, 1min50s550
Treino classificatório
9º) Valmir Benavides (SP/Iveco), Scuderia Iveco, 1min49s510
10º) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 1min49s650
11º) André Marques (SP/MAN), MAN Latin America Racing Team, 1min49s997
12º) Djalma Fogaça (SP/Ford), 72 Sports/Ford Racing Trucks, 1min50s157
13º) Adalberto Jardim (SP/MAN), MAN Latin America Racing Team, 1min50s775
14º) Alberto Cattucci (SP/Volvo), ABF/Volvo, 1min50s800
15º) Diogo Pachenki (PR/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 1min50s828
16º) Rogério Castro (GO/Volvo), ABF/Volvo, 1min51s274
17º) João Marcos Maistro (PR/Volvo), Clay Truck Racing, 1min52s265
18º) Alex Caffi (ITA/Iveco), Dakarmotors, 1min53s668
19º) Débora Rodrigues (SP/MAN), MAN Latin America Racing Team, 1min54s441
20º) Ronaldo Kastropil (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, sem tempo
21º) Edu Piano (SP/Ford), Território Motorsport, sem tempo
22º) Jansen Bueno (PR/Volvo), DB Motorsport, desclassificado
23º) José Maria Reis (GO/Scania), Original Reis Competições, desclassificado
24º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, desclassificado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *