Truck: Motor tira o 2º lugar de Cirino em Goiânia

Com o abandono na etapa goiana, o único tetracampeão da categoria caiu de quinto para sexto na classificação do campeonato.

A exemplo do que aconteceu no ano passado, o paranaense Wellington Cirino, da equipe ABF/Mercedes-Benz, abandonou a Fórmula Truck em Goiânia, onde hoje (domingo), foi disputada a quarta etapa da temporada. Faltando oito voltas para o final da prova, a pressão de óleo do motor de seu Mercedes-Benz caiu a zero, forçando o abandono o atual campeão da categoria.

Cirino largou em quarto e travou bons duelos na corrida, conseguindo boas ultrapassagens sobre Djalma Fogaça e Roberval Andrade, até chegar ao segundo lugar. A partir daí ele passou a ser pressionado por Danilo Dirani, mas faltando oito voltas para o final da corrida o único tetracampeão da categoria foi forçado a abandonar a prova, a exemplo do que tinha acontecido no ano passado. Naquela oportunidade em função de problemas nos freios. “Estava bem na corrida e fui surpreendido pela queda de pressão do óleo. De uma hora para outra, a pressão caiu para zero e preferi parar logo para não quebrar o motor. É uma pena porque foram embora 20 pontos, que poderiam me colocar na terceira colocação na classificação do campeonato”, afirma Cirino.

Goiânia agora é coisa do passado e por isso Cirino passa a pensar na quinta etapa do campeonato, que será disputada no dia 19 de julho, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. “Vamos nos concentrar no trabalho para São Paulo, onde ganhamos no ano passado, dando a grande arrancada para a conquista do título”, frisa Cirino.

A vitória em Goiânia foi do paulista Valmir Hisgué Benavides, seguido de Danilo Dirani (SP), Djalma Fogaça (SP), Leandro Reis (GO), Renato Mart6ins (SP) e Adilson “Cajuru” Magalhães (SP), que pela ordem, fecharam as deis primeiras colocações da corrida. Com a vitória em Goiânia, Benavides assumiu a liderança do campeonato, com 89 pontos, 11 a mais do que o também paulista Felipe Giaffone, que abandonou a prova e caiu para a vice-liderança

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *