Truck: Pilotos da Volkswagen buscam manter hegemonia na Truck em Curitiba

As últimas quatro etapas da categoria foram vencidas por pilotos com caminhão Volkswagen Constellation, sendo três de Felipe Giaffone, líder do campeonato, e uma de Valmir Benavides, em Goiânia.

A intensa disputa pelo título da Fórmula Truck será a atração principal da sétima e antepenúltima etapa do campeonato, marcada para este domingo, em Curitiba. Em meio ao clima de decisão, os pilotos da Volkswagen esperam manter a hegemonia demonstrada nas últimas quatro provas. Desde a vitória de Felipe Giaffone, em maio, em Interlagos, a Truck só teve um único caminhão vencedor: o Volkswagen Constellation.

Além da vitória em São Paulo, o ex-piloto da Indy também faturou as corridas seguintes no Nordeste (Caruaru e Fortaleza) e com isso assumiu a liderança do campeonato. Já na prova seguinte, o domínio foi de outro piloto com Volkswagen, Valmir Benavides, que venceu pela primeira vez na categoria em Goiânia.

A boa fase do time rendeu para a Volkswagen uma ampla vantagem no campeonato de marcas, com 216 pontos, 60 à frente da segunda colocada.

“Nossa equipe vive um excelente momento e temos que aproveitar esta fase para somar o maior número de pontos possível, porque os nossos rivais certamente estão buscando reação imediata. Mais do que nunca, será a hora de acelerar e ao mesmo tempo administrar a vantagem na tabela”, comenta Felipe Giaffone, que tem 96 pontos na liderança do campeonato, contra 85 de Roberval Andrade e 76 de Wellington Cirino.

Os pilotos da Volkswagen, no entanto, descartam favoritismo para a etapa que começa nesta sexta-feira, com a disputa dos primeiros treinos livres.

“Não vejo uma grande hegemonia do nosso time. Nossa vantagem é que o Volkswagen Constellation está se adaptando bem a todos os tipos de circuitos, então estamos sempre entre os primeiros. Mas em Curitiba, assim como foi em Goiânia, a longa reta dos boxes é favorável aos rivais com motores maiores, de 12 litros”, comenta Renato Martins, atual campeão da Truck, recordista de vitórias na categoria e também chefe da RM Competições.

Para Benavides, o vencedor da última etapa, o equilíbrio tende a ser maior se chover no circuito curitibano. “Torço para que a corrida seja disputada com piso molhado, porque acredito que teríamos mais vantagem pelo equilíbrio de nosso conjunto”, afirma o piloto.

Os primeiros colocados no campeonato:

1. Felipe Giaffone, 96 pontos
2. Roberval Andrade, 85
3. Wellington Cirino, 76
4. Leandro Totti, 56
5. Renato Martins, 49
6. Jonatas Borlenghi, 40
7. Geraldo Piquet, 39
8. Beto Monteiro, 35
9. Valmir Benavides, 28
10. Vinicius Ramires, 22

Campeonato de marcas:

1. Volkswagen, 216
2. Mercedes-Benz, 156
3. Scania, 111
4. Ford, 97
5. Volvo, 25
6. Iveco, 8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *