Truck: TNT Energy Team corre com representante local em Buenos Aires

Luiz Pucci nasceu em Bariloche e afirma se sentir absolutamente em casa na Argentina

Os caminhões da Fórmula Truck disputam neste domingo (4), em Buenos Aires, na Argentina, a única corrida internacional do calendário da categoria, válida como a terceira e última etapa do campeonato Sul-Americano. Mas engana-se quem pensa que não há nenhum representante argentino no grid de largada: a torcida local neste final de semana será toda por Luiz Pucci.

O piloto nasceu em Bariloche, filho de pai argentino e mãe brasileira, e morou na Argentina até os dois anos de idade. Depois, na juventude, voltou para lá e morou mais cinco anos, até se formar em economia. Com dupla nacionalidade, falando fluentemente português e espanhol, atualmente Luiz Pucci mora no Brasil, mas se sente correndo em casa em Buenos Aires.

“Eu me sinto realmente em casa… Tenho uma paixão muito grande pela Argentina. Naturalmente, isso traz coisas muito bacanas aqui. Ainda nem começaram os treinos e muita gente já veio ao meu box, tirar foto, conhecer o caminhão, conversar”, fala Luiz Pucci. Se sente tão confortável que aumentou até o material promocional que leva para as corridas – com a certeza de ter a torcida dos compatriotas.

Mesmo assim, como estreante no esporte a motor, ele tem a desvantagem de jamais ter pilotado em Buenos Aires. “Apesar de ter nascido aqui e morado tanto tempo, só fui começar a correr agora, bem mais tarde, então não conheço a pista. Mas ontem completei pelo menos vinte voltas com um caminhão normal e foi possível ter uma ideia”, acrescenta Luiz Pucci.

“É um circuito de alta velocidade, que só tem um trecho mais complicado, que são as curvas que antecedem a reta. Como ela é muito longa, se você perder tempo na entrada faz uma diferença grande no final”, revela o piloto do TNT Energy Team. Mas, se precisar de dicas sobre o traçado, ninguém melhor para falar do que o companheiro de equipe dele, André Marques.

Mesmo sem conhecer a pista, André Marques largou em nono e chegou em quarto lugar em 2010. Na época, também fazia seu primeiro ano de Fórmula Truck. Aquele foi o primeiro pódio e o melhor resultado dele na categoria. “Aquela corrida foi marcante porque teve um grau de dificuldade, cheguei a me enroscar na largada, mas o caminhão continuou rendendo bem”, lembra André Marques.

“Fiquei maravilhado de poder comemorar o pódio em Buenos Aires. Agora, estamos trabalhando para tentar repetir esse resultado. Depois dos problemas da corrida passada, fizemos uma revisão completa no caminhão e tenho certeza que estaremos competitivos mais uma vez”, conclui André Marques. A corrida de Buenos Aires está marcada para domingo às 12h00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *