Turismo: Boas disputas agitam o Estadual de Turismo no Rio de Janeiro

Com um grid de 30 carros e boas disputas, o Estadual de Turismo foi um bom programa para os que foram ao autódromo de Jacarepaguá, assistir a sétima rodada do campeonato. No domingo sem sol, quem levou a melhor na categoria Marcas foi Paulo Coelho. Com uma vitória e um segundo lugar, ele passou a somar 271 pontos e entrou em definitivo na briga pelo título, 21 pontos atrás do líder Beto Sanson, que não completou a última prova do dia.

Após festejar a vitória na corrida que abriu a rodada dupla, a parceria Rodrigo Rocha / Ricardo de Paoli também abandonou e manteve a terceira posição na tabela, com 272 pontos, seis atrás de Jorge Cláudio Schuback, que subiu ao segundo degrau do pódio na prova final. Na Super Light, Alexandre Seda venceu as duas e passou a somar 253 pontos, 39 atrás da dupla Fernando Sávio / Wilton Neto. Mas Seda pode assumir a liderança, caso seja aceito pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Federação de Automobilismo do Rio de Janeiro recurso contra a desclassificação na rodada anterior.

Na prova válida pela 13ª etapa, Rodrigo de Paoli pulou da terceira posição do grid para a ponta, quando a largada foi autorizada. Ele foi seguido por Zigomar Júnior que, por causa do fechamento do autódromo de Interlagos, veio com outros seis paulistas para um prova conjunta do Regional. Na quinta volta, o dono do segundo lugar passou a ser Paulo Coelho, que havia completado a primeira passagem em quarto.

As boas disputas pelo segundo lugar e também em boa parte do pelotão permitiram ao líder abrir vantagem de 7 segundos, mas, com a entrada obrigatória do safety car na metade da prova, as diferenças deixaram de existir. De Paoli, Paulo Coelho e Beto Sansom passaram a travar um belo duelo pela ponta, mas as posições foram mantidas. “Como o rendimento dos cinco primeiros era parelho, a largada foi fundamental”, reconheceu De Paoli.

Como determina o regulamento, a segunda corrida apresenta a inversão da ordem de chegada dos seis primeiros. Desse modo a pole da 14ª etapa coube a Sergio Silva, mas quem pulou na frente foi Beto Sansom, que abandonou na terceira volta. Silva recuperou então a ponta, mas sofrendo a pressão de Paulo Coelho. Como disse De Paoli, com rendimentos parecidos as ultrapassagens não eram fáceis. Somente após a saída do safety car na entrada que marca a metade da prova, Paulo Coelho aproveitou a escorregada de Silva, na Curva da Junção, para assumir a ponta, e não deixou mais brechas. “Preferi esperar o momento certo e evitar qualquer choque que colocasse minha prova em risco”, explicou Coelho. Celso Viana e Maurício Teixeira, em boas provas de recuperação, empolgavam com seguidas ultrapassagens. Viana estava em segundo quando pegou óleo na pista e escapou. Quem se aproveitou bem desta situação foi Jorge Claudio Schuback que pulou da sexta para a segunda colocação. “Foi o resultado da experiência. Quando percebi a dificuldade dos que estavam à minha frente, adotei uma outra trajetória naquela curva e me dei bem”, festejou o vice-líder com 278 pontos, três atrás de Beto Sansom.

Os cariocas também puderam conhecer os protótipos da Copa Brasil Spyder Race, categoria nacional com propulsores de 230cv de potência, que atingem a velocidade máxima de 218km/h. O vencedor da 6ª etapa, em Jacarepaguá, foi o carioca Fúlvio Marote.

 

 

Acompanhe a classificação dos 12 primeiros do Regional de Turismo do RJ.

 

13ª etapa

1-     Rodrigo Rocha / Rodrigo de Paoli

2-     Paulo Coelho

3-     Beto Sansom

4-     João Scalabrin

5-     Sergio Silva

6-     Rafael Franco

7-     Carlos Fiúza

8-     André Rodrigues

9-     Ulisses Silva

10- Flávio Costa

11-  Militon Bianco Júnior

12-  Maurício Teixeira / Luciano Silva

 

14ª etapa

 

1-  Paulo Coelho

2- Jorge Claudio Schucack

3- Ulisses Silva

4- João Scalabrin

5- Maurício Teixeira / Luciano Silva

6- Carlos Fiúza

7- Williams Suhr

8- Flávio Costa

9 – Olavo Leite

10 – Militon Bianco Júnior

11- Gustavo Gueiros

12 – Frusca Monte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *