Verstappen pode colocar Holanda novamente na Fórmula 1

A Fórmula 1 segue com novas possibilidades de corridas entrando no circuito e a Holanda parece ter entrado na mira da Liberty, empresa que administra a categoria. isso porque alguns pilotos se demonstraram a favor do retorno à pista de Zandvoort pelo grande engajamento dos fãs holandeses, além da atmosfera da prova, que não acontece desde 1985.

Maior defensor da volta à Holanda, Max Verstappen é um dos trunfo para o país, segundo o chefe comercial da Fórmula 1, Sean Bratches, que admitiu o início de conversas sobre um possível retorno do GP. “Estamos tendo conversas produtivas lá e estou cautelosamente otimista, podemos fazer algo para surpreender e encantar os fãs nesse território e aproveitar o fator Max”, disse.

Perto da capital, Amsterdam, a pista de Zandvoort já não é a mesma original, quando Niki Lauda venceu o último GP na cidade, há 33 anos. Em 1990, após reclamações de vizinhos, o autódromo sofreu uma diminuição de quase metade do terreno e seu traçado foi alterado.

Esteban Ocon, da Force India já correu na pista após a reforma e relatou que seria uma prova difícil pelo seu traçado. “É um circuito de estilo antigo. Hoje em dia temos um monte de áreas de escape, muitas restrições diferentes. É uma pista muito legal, desenho muito legal. Seria incrível correr lá na Fórmula 1, mega rápido. Não acho que é um circuito de última geração, mas não me importo. Ficarei feliz de correr lá se formos, mas cabe à FIA decidir se é possível ou não. No DTM, tivemos asa móvel e você pode acompanhar mais de perto do que o Fórmula 1 e já foi difícil passar”, disse o piloto.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *