World Series by Renault: Jules Bianchi assume liderança do campeonato

O francês Jules Bianchi (Tech 1) assumiu a liderança do campeonato, após a disputa da 8ª etapa da temporada, em Paul Ricard, na França. Bianchi soma 179 pontos, cinco a mais do que o holandês Robin Frijns (Fortec).

Prova 1:

No sábado (29/09), o português Antonio Felix Da Costa (Arden Caterham) venceu a primeira prova.  O ingles Nick Yelloly (Comtec) e o russo Daniil Move (P1) completaram o pódio.

Com muita chuva, Da Costa e o pole Yelloly, fizeram uma péssima largada, e perderam muitas posições.  

Ao contrário dos dois, o brasileiro Andre Negrão (Draco) fez um ótimo começo de prova, e assumiu a liderança, ao superar Frinjs e Bianchi. Contudo na 8ª volta o brasileiro errou na reta Mistral, com Bianchi assumindo a ponta, seguido por Bianchi.

Na volta seguinte, entretanto Frinjs e Bianchi também escorregaram após a curva Signes. Yelloly passou para primeiro, com Da Costa em 2º. Na 11ª volta Yelloly cortou a chicane, sendo superado por Da Costa. Na curva um o neozelandês recuperou a ponta. Duas voltas depois Da Costa superou novamente Yelloly, desta vez em definitivo.

Bianchi terminou em 4º, seguido pelo norueguês Marco Sorensen (Lotus) e o dinamarquês Kevin Magnussen (Carlin). Frinjs foi o 7º, com o alemão Nico Muller (Draco) na 8ª posição. O estoniano Kevin Korjus (Lotus) e o inglês Sam Bird(ISR) fecharam a zona de pontos.

Entre os brasileiros; Lucas Foresti (DAMS) terminou em 14º e Yann Cunha (Pons) na 21ª posição. Negrão abandonou na 19ª volta, quando era o 4º colocado.

Final, prova 1:

1 – Antonio Felix Da Costa – Arden Caterham – 21 voltas em 47’07″036
2 – Nick Yelloly – Comtec – 1″958
3 – Daniil Move – P1 – 22″690
4 – Jules Bianchi – Tech 1 – 23″955
5 – Marco Sorensen – Lotus – 26″742
6 – Kevin Magnussen – Carlin – 28″581
7 – Robin Frijns – Fortec – 34″672
8 – Nico Muller – Draco – 35″170
9 – Kevin Korjus – Lotus – 36″372
10 – Sam Bird – ISR – 38″100
11 – Will Stevens – Carlin – 41″306
12 – Mikhail Aleshin – RFR – 42″693
13 – Walter Grubmuller – P1 – 43″089
14 – Lucas Foresti – Dams – 44″396
15 – Carlos Huertas – Fortec – 45″857
16 – Aaro Vainio – RFR – 48″632
17 – Vittorio Ghirelli – Comtec – 51″172
18 – Zoel Amberg – Pons – 54″273
19 – Davide Rigon – BVM Target – 59″214
20 – Jake Rosenzweig – ISR – 1’06″359
21 – Yann Cunha – Pons – 1’09″693
22 – Alexander Rossi – Arden Caterham – 1’15″455
23 – Nikolay Martsenko – BVM Target – 1 volta
Volta mais rápida: Alexander Rossi 2’11″551

Abandonos:

Arthur Pic – Dams – 0 volta
Daniel Abt – Tech 1 – 3 voltas
Andre Negrão – Draco – 17 voltas

Prova 2:

No domingo (30/09), Bianchi venceu a segunda prova, seguido por Da Costa e Bird. Com a vitória Bianchi assumiu a liderança do campeonato.

Com pista úmida, o pole Bianchi manteve a ponta na largada. Na 5ª volta o francês cometeu um erro, com Da Costa assumindo a liderança. Na parada obrigatória nos boxes, Bianchi entrou uma volta antes do que o rival, reassumindo a ponta quando o português fez a sua parada. No restante da prova, Bianchi manteve o controle, vencendo com mais de cinco segundos de vantagem.

Yelloly foi o 4º, seguido por Sorensen e o finlandês Aaro Vainio             (RFR). Muller, Korjus, Frinjs e Foresti completaram a zona de pontos. Cunha foi o 19º e Negrão o 22º.

A próxima etapa, a última do ano, acontece em Barcelona, na Espanha, entre os dias 20 e 21 de outubro.

Final, prova 2:

1 – Jules Bianchi – Tech 1 – 21 votlas em 46’48″147
2 – Antonio Felix Da Costa – Arden Caterham – 5″046
3 – Sam Bird – ISR – 20″979
4 – Nick Yelloly – Comtec – 28″811
5 – Marco Sorensen – Lotus – 33″743
6 – Aaro Vainio – RFR – 34″130
7 – Nico Muller – Draco – 40″480
8 – Kevin Korjus – Lotus – 45″436
9 – Robin Frijns – Fortec – 48″660
10 – Lucas Foresti – Dams – 51″703
11 – Will Stevens – Carlin – 58″890
12 – Walter Grubmuller – P1 – 1’01″309
13 – Davide Rigon – BVM Target – 1’01″523
14 – Arthur Pic – Dams – 1’02″497
15 – Carlos Huertas – Fortec – 1’11″138
16 – Alexander Rossi – Arden Caterham – 1’12″616
17 – Mikhail Aleshin – RFR – 1’19″746
18 – Daniel Abt – Tech 1 – 1’45″544
19 – Yann Cunha – Pons – 1’49″989
20 – Jake Rosenzweig – ISR – 1 volta
21 – Nikolay Martsenko – BVM Target – 1 volta
22 – Andre Negrão – Draco – 1 volta
23 – Vittorio Ghirelli – Comtec – 1 volta
24 – Kevin Magnussen – Carlin – 2 voltas
25 – Daniil Move – P1 – 2 voltas
Volta mais rápida: Antonio Felix Da Costa 2’09″935

Abandonos:

Zoel Amberg – Pons – 0 volta

Campeonato:

1. Bianchi 179; 2.Frijns 174; 3.Bird 155; 4.Yelloly 122; 5.Sorensen 121; 6.Da Costa 116; 7.Pic 94; 8.Magnussen 84; 9.Muller 78; 10.Korjus 61.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *