World Series Fórmula V8 3.5: Pietro Fittipaldi é o último campeão da história

O brasileiro Pietro Fittipaldi (Lotus) conquistou o título da última temporada da história da World Series Fórmula V8 3.5. A decisão do campeonato aconteceu no Circuito Internacional do Bahran, em Sakhir, nos Emirados Árabes Unidos.

Fittipaldi garantiu o título com o segundo lugar na primeira prova da etapa, disputada na sexta-feira (17/11). O português Henrique Chaves (AV F) venceu de ponta a ponta, em sua estreia na categoria. O israelense Roy Nissany (RP Motorsport) completou o pódio.

World Series Fórmula V8 3.5: Pietro Fittipaldi é o último campeão da história

O japonês Yu Kanamaru, a colombiana Tatiana Calderón e o mexicano Alfonso Celis Jr., todos da RP Motorsports, fecharam os seus primeiros.

Principal rival de Fittipaldi na disputa pelo título, o russo Matevos Isaakyan (SMP by AVF), que alinhava na pole, teve problemas no carro na volta de apresentação. O carro foi levado para os boxes, com o piloto indo para a pista, já com cinco voltas disputadas. Terminando em décimo, mas não sendo classificado.

Neste sábado (18/11) o austríaco René Binder (Lotus) alinhou na pole e venceu, de ponta a ponta, a segunda prova. Fittipaldi completou a dobradinha da Lotus, que também ficou com o título da categoria. Calderón fechou o pódio.

Nissany terminou em quarto, seguido por Chaves e Kanamaru.

A prova vencida por Binder foi a última da história da categoria, de origem espanhola. A primeira temporada aconteceu em 1998, com o nome de Opel Fortuna by Nissan. Entre 205 e 2015 a categoria foi apoiada pela Renault (Formula Renault 3.5 Series).

Segundo a organização da categoria, o principal motivo para o fim da categoria, foram os pequenos grids das provas de 2017 (que teve no máximo 11 carros).

Os campeões da categoria, nove chegaram a F-1, entre eles Fernando Alonso, Robert Kubica e Carlos Sainz Jr. Além de Fittipaldi, o Brasil também foi campeão com Ricardo Zonta em 2002.

Fittipaldi conquistou o título com 259 pontos. Isaakyan foi o vice com 215, seguido por Celis Jr. com 204 e Binder e Nissany, empatados com 201 pontos.

Final, prova 1:

1 – Henrique Chaves – AVF – 23 voltas
2 – Pietro Fittipaldi – Lotus – 1″654
3 – Roy Nissany – RP Motorsport – 3″752
4 – Yu Kanamaru – RP Motorsport – 7″447
5 – Tatiana Calderon – RP Motorsport – 9″334
6 – Alfonso Celis – Fortec – 11″791
7 – Konstantin Tereschenko – SMP by AVF – 17″075
8 – Diego Menchaca – Fortec – 23″509
9 – René Binder – Lotus – 1 volta
10 – Matevos Isaakyan – SMP by AVF – 5 voltas

Volta mais rápida: Henrique Chaves 1’48″627

Final, prova 2:

1 – René Binder – Lotus – 23 voltas
2 – Pietro Fittipaldi – Lotus – 2″542
3 – Tatiana Calderon – RP Motorsport – 13″573
4 – Roy Nissany – RP Motorsport – 21″904
5 – Henrique Chaves – AVF – 22″890
6 – Yu Kanamaru – RP Motorsport – 23″796
7 – Diego Menchaca – Fortec – 31″879
8 – Alfonso Celis – Fortec – 57″722
9 – Matevos Isaakyan – SMP by AVF – 1″25″427

Volta mais rápida: Yu Kanamaru 1’48″216

Abandono:
Konstantin Tereschenko – SMP by AVF – 1 volta

Campeonato:

1.Fittipaldi 259 pontos; 2.Isaakyan 215; 3.Celis 204; 4.Binder, Nissany 201; 6.Orudzhev 198; 7.Kanamaru 115; 8.Tereschenko, Menchaca 94; 10.Palou 68

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *