World Series: Romancini enfrenta novo desafio em mais um circuito desconhecido

Estreante na World Series by Renault 3.5, o brasileiro Mário Romancini tem pela frente mais um desafio. Neste final de semana (dias 7 e 8), o piloto da Epsilon Euskadi disputa as 6ª e 7ª etapas no circuito inglês de Silverstone.

Apesar de ser mais uma pista desconhecida, o paulista mostra confiança. “Estou otimista para esta etapa. Espero que a partir de agora eu tenha mais sorte e consiga somar mais pontos para o campeonato. Nunca andei em Silverstone, mas com simulares já tenho uma idéia da pista. Assisti a muitos vídeos também e acho que terei uma noção pelo menos para começar os treinos”, comentou Romancini, que somou seu primeiro ponto na etapa de Spa (Bel).

Em 2007, a categoria correu a etapa britânica em Donington, então a equipe terá de sair com um acerto básico para a rodada em Silverstone. “Com os treinos extras de quinta-feira, vamos acertando o carro para as sessões seguintes”, lembrou o brasileiro.

Para Romancini, a maior dificuldade neste início de temporada tem sido a falta de experiência para acertar o carro. “Como meu companheiro de equipe também é um estreante, algumas vezes nossa equipe está um pouco perdida com relação às mudanças que devem ser feitas no carro. Mas espero que agora, já com mais experiência, consiga resultados melhores”.

O nível da categoria também tem surpreendido o piloto. “Não há espaços para erros. Um décimo pode custar mais de cinco posições no grid. Então é preciso estar atento a tudo para extrair o máximo do carro”, finalizou.

Os treinos em Silverstone terão início na quinta (dia 5). Sábado (7) haverá o classificatório e a disputa da 6ª etapa. No domingo (8), os pilotos participam da 7ª corrida do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *