WRC: Nobre/Paula termina em 6º o primeiro dia no Rally da Suécia

Dupla brasileira sobreviveu ao primeiro dia de especiais e passa por Kimi Raikkonen preso em um monte de neve.

Depois das festividades e da abertura do Rally da Suécia na noite da última quinta-feira, os competidores tiveram um dia longo e cansativo nesta sexta (12/02), onde foram realizadas seis Especiais e mais um Super Prime no final do dia. A dupla brasileira formada pelo piloto Paulo Nobre, o Palmeirinha (Link Investimentos) e Edu Paula terminou o dia na 6ª colocação pela categoria P-WRC e está na 34ª colocação na classificação geral da prova.

“Acordei as 5h30 da manhã e ainda estou acordado as 11h00 da noite. Mas foi um dia emocionante pois sentimos o carinho do público no Super Prime que realizamos hoje. É legal ver o sorriso e os aplausos das pessoas que estão torcendo para que nós, os “café com leite” da neve, terminem a prova. Legal também é ver o interesse da mídia local, querendo saber o que nos fez vir competir na Suécia, além de destacarem a prova sem erros que estamos fazendo apesar de ser nossa experiência na neve”, disse Nobre.

Nobre e Paula mantiveram a estratégia de serem mais cautelosos na primeira vez que passaram pelas três especiais do dia. Na segunda passagem, a dupla “abusou” um pouco mais e consegui melhorar suas marcas ao longo do dia, principalmente na 5ª especial, onde encontraram pouca neve na trilha. Os brasileiros, que começaram o dia na 8ª colocação encerraram esta sexta-feira no 6º posto, contando também com os problemas dos adversários. “A segunda passagem pelas especiais foi muito boa para nós. Além de melhorarmos o nosso ritmo, fizemos isso sem enfrentar problemas, como saidas da trilha ou batidas, o que aconteceu com muita gente. Na 5ª especial do dia, passamos até pelo Kimi Raikkonen, que estava preso com seu carro em um monte de neve”, contou Palmeirinha.

O piloto brasileiro também estava satisfeito com sua evolução na pilotagem, já que desde o treino preparatório para o Rally da Suécia na semana passada esta freando com o pé esquerdo. “Isso foi algo que o Patrick Sandell, meu companheiro de equipe aqui no Mundial, disse que ia me ajudar muito. E ele tinha razão, freando com o pé esquerdo e com o direito no acelerador, as respostas ficam muito mais rápidas, o carro fica muito mais na “mão” e “aponta” melhor nas curvas. Acreditava que essa transição do jeito de frear ia ser complicada, mas já estou tão adaptado que confesso já ter desacostumado a frear com o pé direito”, explicou o brasileiro, que ainda destacou dois pontos em que precisar ser mais cauteloso. “Fazer o deslocamento no asfalto com os pneus de neve está sendo complicado. Os pneus se deterioraram hoje, principalmente os dianteiros. Com os pregos baixos e moles no pneu, foi difícil segurar o carro na no último trecho do dia”, concluiu.

Os piloto nórdicos mostraram mais uma vez que dominam a pilotagem nas condições encontradas na Suécia neste fim de semana. Na categoria P-WRC, a liderança está com a dupla sueca Patrik Flodin/Goran Bergsten. No WRC, o finlandês Mikko Hirvonen, com um Ford Focus, levou a melhor no primeiro dia de rali, ficando a frente do hexacampeão Sebastien Loeb, com um Citroen C4, por 6.2s. Em 3º aparece Dani Sordo, apenas 4.4s atrás de Loeb e a 10.6s da liderança. Kimi Raikkonen, após ficar preso em um monte de neve, caiu para a 47ª posição na classificação geral do Rally da Suécia.

Neste sábado, serão disputadas mais oito especiais, sendo 698 km percorridos ao longo do dia, sendo que 117 km serão de trecho cronometrado. A largada da primeira especial está marca para as 7h58 da manhã na Suécia (4h58 no horário de Brasília), já a última disputa cronometrada tem o seu início marcado para as 17h41 local.

Classificação da categoria P-WRC após o primeiro dia do Rally da Suécia:
1º Patrik Flodin/Goran Bergsten (Suécia – Mitsubishi Lancer Evo IX), 1h14min59s4
2º Anders Grondal/Veronica Engan (Noruega-Subaru Impreza), 1h15min20s4
3º Martin Semerad/Bohuslav Ceplecha (Rep. Tcheca- Mitsubishi Lancer Evo IX), 1h16min53s2
4º Armindo Araújo/Miguel Ramalho (Portugal-Mitsubishi Lancer EvoX), 1h17min07s2
5º Fabio Frisiero/ Jordi Costa (Itália – Mitsubishi Lancer Evo IX), 1h22min43s6
6º Paulo Nobre/ Edu Paula (Brasil – Mitsubishi Lancer Evo X), 1h25min21s0
7º Reijo Muhonen/Lasse Miettinen (Finlândia – Mitsubishi Lancer Evo X), 1h29min26s3
8º Gianluca Linari/Paolo Gregoriani (Itália- Subaru Impreza), 1h37min22s6
9ºJoakim Nyman/Bo Holmstrand (Suécia – Mitsubishi Lancer Evo IX), 1h47min16s6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *