WTCC: Citroen vence as duas provas no Marrocos

A Citroen venceu as duas provas da etapa de abertura da temporada, disputadas em Marrakesh, no Marrocos. O argentino José María López venceu a primeira prova, com o francês Sébastien Loeb sendo o vencedor da segunda prova.

Na primeira prova, López dividiu o pódio com Loeb e o francês Yvan Muller, formando um pódio todo do modelo C-Elysee. Na segunda prova, Loeb dividi o pódio com López e o espanhol Hugo Valente (Campos Chevrolet Cruze). 

Prova 1:

López alinhou na pole e venceu de ponta a ponta a primeira prova da temporada. Foi a sua segunda vitória, em apenas três provas disputadas na categoria. Loeb e Muller completaram a trinca da marca francesa.

O britânico Tom Chilton (ROAL Chevrolet Cruze) terminou em quarto, seguido pelo português Tiago Monteiro (Castrol Honda Civic) e o estreante sérvio Dusan Borkovic (Campos Chevrolet Cruze). O marroquino Mehdi Bennani (Proteam Honda Civic), o francês Hugo Valente (Campos Chevrolet Cruze), o húngaro Norbert Michelisz (Zengo Honda Civic) e o britânico James Thompson (Lukoil LADA Granta) completaram os dez primeiros.

Pela Classe T2, para modelos antigos, vitória do alemão Franz Engster (Liqui Moly BMW 320si).

Final, Prova 1:

1. Jose Maria Lopez ARG Citroen Racing C-Elysee 14 voltass
2. Sebastien Loeb FRA Citroen Racing C-Elysee +0.713s
3. Yvan Muller FRA Citroen Racing C-Elysee +1.607s
4. Tom Chilton GBR ROAL Chevrolet Cruze +8.222s
6. Tiago Monteiro POR Castrol Honda Civic +20.495s
5. Dusan Borkovic SRB Campos Chevrolet Cruze +21.849s**
7. Mehdi Bennani MOR Proteam Honda Civic +25.111s
8. Hugo Valente FRA Campos Chevrolet Cruze +29.953s
9. Norbert Michelisz HUN Zengo Honda Civic +44.583s
10. James Thompson GBR Lukoil LADA Granta +48.596s
11. Mikhail Kozlovskiy RUS Lukoil LADA Granta +1m 03.873s
12. Franz Engster GER Liqui Moly BMW 320si +1m 14.163s *
13. Pasquale di Sabatino ITA Liqui Moly BMW 320si +1m 37.538s *
14. John Filippi FRA Campos SEAT Leon +1m 41.171s *

Abandonos:
15. Gianni Morbidelli ITA Munnich Chevrolet Cruze 12 voltas
16. Rene Munnich GER Munnich Chevrolet Cruze 9 voltas ***
17. Tom Coronel NED ROAL Chevrolet Cruze 7 voltas
18. Rob Huff GBR Lukoil LADA Granta 4 voltas

Não largaram:

Petr Fulin CZE Campos SEAT Leon *
Gabriele Tarquini ITA Castrol Honda Civic
*  TC2 classe
** Dez segundos punição
*** trinta segundos de punição

Prova 2:

Loeb venceu pela primeira vez, em sua segunda prova na categoria. Lopéz foi o segundo, seguido por Valente, que conquistou o seu primeiro pódio na categoria.

Na largada, o pole-position, o holandês Tom Coronel (ROAL Chevrolet Cruze) foi tocado por Bennani, indo para a barreira de proteção. Com muitos pedaços de carro espalhados, Muller acertou o carro de Coronel, com os dois abandonando. Bennani levou um drive-through pelo incidente. A prova foi paralisada com os carros retornando para o grid.

Com a prova reiniciada, Loeb passou Valente pelo segundo lugar. Com Bennani cumprindo a punição, Loeb assumiu a liderança. Em apenas duas voltas, López passou da 7ª para a segunda posição, mas sem conseguir ameaçar a liderança de Loeb. 

Com problemas no carro, Borkovic ficou parado na pista, acionando o Safety-Car na 7ª volta. Na relargada, Valente passou Monteiro, que tinha problemas no carro, pelo terceiro lugar.

Faltando duas voltas, e com os Citroen tranquilos na frente, Valente era o terceiro. Com Monteiro finalmente abandonando, Bennani, em uma prova de recuperação, passou para quarto.

Loeb venceu, seguido por López e Valente. Na última curva Chilton passou Benanni. Após a prova o marroquino foi desclassificado, e perdeu o quinto lugar.

O russo Mikhail Kozlovskiy (Lukoil LADA Granta) foi o quinto, seguido pelo italiano Gianni Morbidelli (Munnich Chevrolet Cruze), Engster (vencedor na Classe T2), o francês John Filippi (Campos SEAT Leon) e o italiano Pasquale di Sabatino (Liqui Moly BMW 320si), ambos da T2.

López lidera o campeonato com 48 pontos, um a mais do que Loeb. Chilton é o terceiro com 27.

A próxima etapa acontece no circuito de Paul Ricard, na França, no dia 20 de abril.

Final, Prova 2:

1. Sebastien Loeb FRA Citroen Racing C-Elysee 16 voltas
2. Jose Maria Lopez ARG Citroen Racing C-Elysee +4.321s
3. Hugo Valente FRA Campos Chevrolet Cruze +7.598s
4. Tom Chilton GBR ROAL Chevrolet Cruze +18.305s
5. Mikhail Kozlovskiy RUS Lukoil LADA Granta +19.757s
6. Gianni Morbidelli ITA Munnich Chevrolet Cruze +23.117
7. Franz Engster GER Liqui Moly BMW 320si +38.957s *
8. John Filippi FRA Campos SEAT Leon +48.611s *
9. Pasquale di Sabatino ITA Liqui Moly BMW 320si +50.553s *

Abandonos:

11. Tiago Monteiro POR Castrol Honda Civic 14 voltas
12. Dusan Borkovic SRB Campos Chevrolet Cruze 7 voltas
13. Rene Munnich GER Munnich Chevrolet Cruze 4 voltas
14. Yvan Muller FRA Citroen Racing C-Elysee 0 voltas
15. Tom Coronel NED ROAL Chevrolet Cruze 0 voltas

Não largaram:

Rob Huff GBR Lukoil LADA Granta
Norbert Michelisz HUN Zengo Honda Civic
James Thompson GBR Lukoil LADA Granta
Petr Fulin CZE Campos SEAT Leon *
Gabriele Tarquini ITA Castrol Honda Civic

Desclassificado:
Mehdi Bennani MOR Proteam Honda Civic +18.331s
*  TC2 classe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *