500 Km de São Paulo: MRX #75 vence 32ª edição

Trio formado por Henrique Assunção, Fernando Fortes e Emílio Padrón tomou a liderança na 16ª volta, e seguiu para garantir a vitória no Velo Città

O MRX #75 pilotado por Henrique Assunção, Fernando Fortes e Emílio Padrón venceu neste domingo (18) a 32ª edição dos 500 Km de São Paulo, prova disputada no Velo Città, em Mogi Guaçu (SP), e válida pelo Campeonato Brasileiro de Endurance. O trio, que largou da pole position após dominar os treinos livres, teve uma largada ruim, mas recuperou a primeira posição na 16ª das 146 voltas de corrida, garantindo a vitória no interior paulista.

A segunda colocação ficou com o Tubarão pilotado por Tiel de Andrade e Franco Pasquale, distante duas voltas dos vencedores. Mauro Kern e Paulo Souza, com outro protótipo preparado pela equipe Tubarão, terminou em terceiro, seguido por Fernando Ohashi, Pedro Serrano e Emílio Padron, com um Protótipo IR. O grupo dos cinco melhores ainda contou com o Mitsubishi Lancer de Duda Pamplona, Leandro de Almeida e Guilherme Spinelli.

“A sensação de conquistar uma vitória é a melhor possível. Em uma prova de Endurance você precisa usar a cabeça, e não disputar freada, pois a corrida é de resistência. Estou muito orgulhoso dos meus parceiros, e do final de semana que nós tivemos”, comentou Fortes, responsável por fechar a corrida para o trio do MRX vencedor da prova.

“Fazer parte da história de uma prova como os 500 Km de São Paulo é indescritível. Tenho que agradecer aos meus dois parceiros, que são maravilhosos”, disse Henrique Assunção, que além de piloto, preside a Associação de Pilotos de Endurance.

“Hoje deu tudo certo. Tenho que agradecer a equipe pelo trabalho feito nos dois carros em que pilotei”, completou Padrón, que além da vitória geral e na classe GP1, venceu também na classe P3, além de triunfar nas duas corridas da Fórmula 1600, categoria que também realizou provas no Velo Città.

O Campeonato Brasileiro de Endurance terá sua etapa final com a disputa das 500 Milhas de Londrina, marcada para o dia 26 de novembro no Autódromo Internacional Ayrton Senna.

Confira o resultado final da 32ª edição dos 500 Km de São Paulo:
1º – (75) Henrique Assunção/Fernando Fortes/Emílio Padron (MRX) – 146 voltas em 4h06min16s720
2º – (78) Tiel de Andrade/Franco Pasquale (Tubarão) – a 2 voltas
3º – (32) Mauro Kern/Paulo Souza (Tubarão) – a 5 voltas
4º – (76) Fernando Ohashi/Emílio Padron/Pedro Serrano (Protótipo IR) – a 5 voltas
5º – (15) Duda Pamplona/Leandro de Almeida/Guilherme Spinelli (Mitsubishi Lancer) – a 7 voltas
6º – (46) Robbi Peres/José Córdova/Marcos Ramos – a 9 voltas
7º – (64) Henry Visconde/Marcio Basso (BMW) – a 12 voltas
8º – (72) Carlos Antunes/Yuri Antunes/Joon Park (MRX) – a 19 voltas
9º – (73) Jorge Machado/Leandro Totti – a 21 voltas
10º – (31) Paulo Plutarcho/Davi Plutarcho – a 23 voltas
11º – (3) Cali Crestani/Claudio Ricci – a 24 voltas
12º – (2) Fernando Monis/Heitor Nogueira – 25 voltas
13º – (33) José Tinoco/Vander Penques/Marcelo Karam – a 26 voltas
14º – (41) João Lemos/Fábio Escorpioni/Maurinho (MRX) – 32 voltas
15º – (90) José Curado/Eric Darwich/Eduardo Rímoli (Mercedes) – a 33 voltas
16º – (7) Aldoir Sette/Marcelo Campagnolo/Carlos Brockweld (MRX) – a 34 voltas
17º – (0111) Gustavo Dal Bosco/Fabiano Kratina (Tornado) – a 45 voltas
18º – (111) Gustavo Dal Bosco/Fabiano Kratina (Golf) – a 45 voltas
19º – (71) Ian Ely/Daniel Claudino (MCR) – a 63 voltas
20º – (35) Jair Bana/Duda Bana – a 64 voltas
21º – (77) Edras Soares/Djalma Fogaça/Francis Piedade (Vectra) – a 90 voltas
22º – (25) Ney Faustini/Ney de Sá Faustini (Cobalt) – a 94 voltas
23º – (80) Alexandre Finardi/Nelson Silva Jr. (MRX) – a 94 voltas
24º – (5) Julio Martini/Marcelo Vianna (Tubarão) – a 107 voltas
25º – (47) Juarez Soares/Esdras Soares/Edras Soares (Spyder) – a 135 voltas
26º – (913) Sílvio Zambello/Carlos Estites – 142 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *