500 Milhas Granja Viana: Massa prevê equilíbrio na luta pela pole

Maior estrela de fora, Dan Wheldon chega para buscar o tri.

Menos de 24 horas depois de dominar os testes da Fórmula 1 em Barcelona, Felipe Massa voltou a vestir o macacão vermelho da Ferrari e se transformou na principal atração dos treinos desta quinta-feira para as 500 Milhas Granja Viana de Kart. Além do vencedor do GP do Brasil, os ensaios chamaram a atenção também pela chegada do norte-americano Dan Wheldon, atual bicampeão da prova e que tentará o tri ao lado de Rubinho Barrichello, Tony Kanaan e Felipe Giaffone.


Massa desembarcou nas primeiras horas da manhã em Guarulhos e apareceu no Kartódromo Internacional Granja Viana no início da tarde. Para quem imaginava que poderia estar desgastado pela maratona, Massa esbanjava disposição ao sentar no kart de número 19. “Agora não é hora de descansar, é hora de correr”, avisou.


Sobre a briga pela pole position, Massa preferiu não fazer previsões. “É difícil apontar um favorito. Será um treino bastante competitivo, com muitos pilotos bons. Nosso kart está ótimo e tenho grandes esperanças”, completou Felipe, que competirá ao lado de Ruben Carrapatoso, Rafael Daniel e João Paulo Bertuccelli.


Astro da Fórmula Indy, Wheldon confessou ser grande fã da prova das 500 Milhas. “É um prazer muito grande disputar essa corrida. No meu cronograma de eventos durante o ano, já separo um espaço para correr aqui no Brasil. É uma oportunidade única de rever grandes amigos que não consigo encontrar durante o ano”, destacou.


Wheldon também comentou sobre o prazer de voltar a conduzir um kart e relembrar os primeiros passos na modalidade. “Gosto de aproveitar todas as chances de correr de kart, pois me lembro do início de minha carreira. O kartismo foi muito importante no meu aprendizado e quase tudo o que sei veio de lá”, contou o inglês, que dividirá o comando dos karts 71 e 72 com Rubens Barrichello, Tony Kanaan, Augusto Farfus, Felipe Giaffone e Pedro Bianchini.


As três últimas edições disputadas das 500 Milhas fizeram o piloto da Fórmula Indy aprender uns macetes importantes que aplicará durante a maratona, com largada marcada para a zero hora do próximo domingo. “O importante é não cometer erros e manter o ritmo similar ao dos companheiros de equipe para progredir durante a prova”, ensinou Wheldon.


Para a tomada de tempos são aguardadas as presenças de todos os grandes nomes, como Barrichello e Nelsinho Piquet, que ainda treinaram hoje em Barcelona, Ricardo Zonta e Enrique Bernoldi, outros que já andaram nesta quinta-feira em Cotia. A programação desta sexta-feira terá início às 10 horas com mais um treino livre. Já classificação, dividida em três grupos, está marcada para as 12h45, enquanto o Top Qualifying – onde cada piloto terá direito a uma única volta lançada – será realizado às 15 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *