500 Milhas: Massa corre com campeões da Fórmula Futuro nas 500 Milhas

Guilherme Silva e Luir Miranda reforçam equipe do padrinho da categoria em Santa Catarina

Idealizador da Fórmula Futuro Fiat, a única categoria-escola do automobilismo nacional, Felipe Massa inscreveu o atual campeão Guilherme Silva e o vice Luir Miranda na equipe pela qual buscará o tetra nas 500 Milhas da Granja Viana. A prova mais tradicional do kartismo brasileiro está chegando à sua 15ª edição e pela primeira vez deixará de ser realizada em Cotia, já que pelos próximos cinco anos será disputada no Beto Carrero World, em Penha (Santa Catarina).

Os treinos serão abertos nesta quarta-feira, mas a equipe Massa/Shell V-Power – cujos dois karts serão completados por Lucas di Grassi, Popó Bueno e Dudu Massa – estará na pista representada apenas por Miranda. Silva está realizando testes na Fórmula Renault européia em Barcelona e só chegará amanhã a Santa Catarina.

Silva foi convidado para integrar a equipe no domingo em que conquistou o título no Velopark, no início de novembro. “Correr ao lado de pilotos da Fórmula 1 como Felipe e o Di Grassi numa pista novinha será uma experiência incrível”, comemora o mineiro Silva, que aproveitou o feriado de ontem na Espanha para conhecer o Camp Nou e assistir à goleada dos reservas do Barcelona por 4 a 0 sobre o Bate Borisov (Bielorrússia) pela Copa dos Clubes Campeões da Europa.

A oportunidade de Miranda surgiu no último fim de semana durante o Desafio Internacional das Estrelas, em Florianópolis. “Fui assistir à corrida e falei para o Felipe que gostaria de voltar às 500 Milhas, onde já corri cinco vezes. Para minha surpresa, ele me convidou na hora para andar na equipe dele. Estou feliz para caramba. Sempre falei para meu pai que meu sonho era correr com o Felipe. É uma grande responsabilidade, claro, mas preciso apenas ter tranquilidade para fazer aquilo que sei. Os resultados virão com naturalidade, desde que respeite os limites e evite quebrar o equipamento”, comentou o fluminense de Nova Iguaçu.

Massa venceu a edição inaugural das 500 Milhas em 1997, repetindo o feito em 2002, ao lado de Rubens Barrichello e Tony Kanaan, e em 2009, juntamente com Di Grassi e Júlio Campos. No Desafio Internacional das Estrelas, evento que levou pela sexta vez consecutiva à capital catarinense, Massa conquistou o primeiro pódio do ano ao chegar atrás apenas do espanhol Jaime Alguersuari na soma de pontos das duas baterias. Em virtude de compromissos com patrocinadores, viajará para Santa Catarina somente na sexta-feira, presumivelmente ainda a tempo de disputar o Top Qualifying – uma minicorrida de 15 minutos para definir o grid entre os melhores das tomadas classificatórias. A largada está prevista para as 10h30 de sábado e a corrida terá 700 voltas ou limite de 12 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *