A1GP: Bruno Junqueira comemora posição e sonha com vitória

Que melhor retorno poderia haver para o mineiro Bruno Junqueira à A1GP, a Copa do Mundo do automobilismo, do que com um lugar na primeira fila do grid para a corrida que abre a sétima etapa da temporada 2007/2008?

 Depois de uma sexta-feira complicada, em que um toque no muro limitou seu tempo na pista, o piloto de Belo Horizonte ignorou as dificuldades e, confirmando sua experiência em circuitos provisórios, ficou a meros 18 milésimos de segundo do canadense Robert Wickens, pole da sprint race, a corrida curta, com 20 minutos mais uma volta, nas ruas do balneário sul-africano de Durban (largada às 6h, de Brasília). Na feature race (a corrida com 1 hora e 10 minutos e pitstops obrigatórios), o mineiro sai em quinto. Um resultado que não era alcançado pelo time brasileiro desde 2005/2006, quando Nelsinho Piquet defendia as cores verde-amarelas.

O desempenho foi comemorado por Bruno, pelo bicampeão mundial de F-1 Emerson Fittipaldi, principal dirigente do Team Brasil, e pelos mecânicos da equipe, que viram seu trabalho recompensado. O piloto mineiro mostrou que, com um equipamento bem mais competitivo do que o da temporada passada – em sua estréia na categoria, nesse mesmo traçado, ficou em sétimo – é possível brigar pelas primeiras posições. Ele não esconde que a vitória é o grande objetivo.

“Entrei na pista com pneus novos e, em apenas quatro voltas, já tinha minha melhor marca, muito próxima da pole. Na segunda sessão, que define o grid da feature race, tive de usar um jogo de pneus gastos e ainda houve uma bandeira vermelha que paralisou o treino e me impediu de melhorar. Mas é um resultado fantástico”, diz Bruno, que destaca a vantagem de se largar na frente nesse tipo de pista. “O circuito é cercado de muros, com retas velozes e freadas muito fortes, em que costumam ocorrer problemas. Quanto mais à frente, menor o risco de me envolver em confusão. O time brasileiro merece uma vitória, e espero ser eu a consegui-la”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *