A1GP: Cancelada a etapa de abertura em Surfers Paradise

A etapa de abertura da A1GP, em Surfers Paradise, na Austrália, foi cancelada. O anúncio foi feito através de uma nota divulgada neste sábado (17/10), pela categoria.
O motivo alegado foi o pouco tempo disponível para levar os carros e equipamentos para a Austrália, antes de quinta-feira (22/10), para os preparativos da etapa, que seria realizada no próximo final de semana.

A categoria irá reembolsar os promotores australianos pelos custos de promoção e preparação para a corrida.

Apesar dos rumores de que a categoria, que começou em 2005, está prestes a acabar, Tony Teixeira, dono da categoria, negou veementemente os boatos.

“Recentemente anunciamos 19 equipes que estavam prontas para correr na Austrália. Sei que eles ainda estão comprometidos em correr. A A1GP pode ter sofrido um revés, mas não aceitamos estar fora. Tivemos quatro temporadas emocionantes que provaram que somos uma força no esporte“, disse Teixeira.

Depois de quatro temporadas disputadas, a “Copa do Mundo do Automobilismo”, vem sofrendo diversos revezes. A parte britânica da categoria faliu, com os carros sendo apreendidos, para o pagamento de dívidas.

Segundo rumores divulgados na imprensa, a Ferrari, fornecedora única dos motores, poderia romper o acordo.

Somente na semana passada Teixeira, na justiça, conseguiu liberar os carros, anunciando um novo plano financeiro, com a IMG Sports Media, uma das maiores promotores de eventos do mundo associando-se a categoria.  

Presente a Interlagos, o brasileiro Emerson Fittipaldi, dirigente e dono da equipe brasileira na categoria, admitiu que a etapa marcada para o Brasil, em março, ainda não está confirmada.

Fittipaldi também disse que a categoria não corre o risco de acabar, e que Teixeira ainda tem muito gás.

O ex-piloto confirmou que Felipe Guimarães continua como piloto da equipe. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *