A1GP: Grã Bretanha vence pela primeira vez

A Grã Bretanha, com Oliver Jarvis, venceu neste domingo (25/03), a Feature Race do GP do México, no Autódromo Irmãos Rodriguez. Foi a primeira vitória do país na A1GP. Os EUA, com Jonathan Summerton, terminou em 2º e África do Sul, com Adrian Zaugg, fechando o pódio.

O pole-position Alex Yoong, da Malásia, teve problemas com o carro no grid, não tendo tempo de detectar o que havia de errado, largando lento e caindo pra sétimo na largada. Jarvis assumiu a ponta, seguido por Summerton. A França, atual campeã, mais uma vez não teve sorte com o estreante Jean Karl Vernay sofrendo um contato na largada, danificando o bico do carro. Ele foi aos boxes trocar a peça, perdendo uma volta.


A janela para os pit stops obrigatórios foi aberta na 8º volta. A líder Grã Bretanha foi a primeira a parar. A rápida parada manteve Jarvis na ponta da corrida. O México não deu sorte correndo. Um problema na bomba de gasolina levou Salvador Duran a abandonar, na 15º volta.


Depois da segunda sessão de pit stops, na 19º volta, a Grã Bretanha mantinha a ponta, seguida pelos EUA, África do Sul, Itália, Portugal, Malásia, Nova Zelândia e Austrália.


No final da prova o Jarvis reportou aos boxes uma vibração no carro com um possível furo. A diferença de cerca de 4 segundos para Summerton fez com a equipe ficasse preparada para uma possível parada de emergência. Jarvis não precisou parar, vencendo com apenas 0s690 de vantagem.


Bruno Junqueira fez uma boa prova, mas largando na penúltima posição, não passou da 13º posição na chegada. Allan Khodair, pelo Líbano, terminou na 19º posição.


A Alemanha, que conquistou apenas dois pontos no final de semana, lidera o campeonato, com 101 pontos. A Nova Zelândia tem 74 na vice-liderança. O Brasil, com 9 é o 17º.


A próxima etapa acontece no dia 15 de abril em Shangai, na China.


Final, Feature Race:


1) Oliver Jarvis, Grã-Bretanha, 1h07min37s362
2) Jonathan Summerton, EUA, a 0s690
3) Adrian Zaugg, África do Sul, a 10s056
4) Enrico Toccacelo, Itália, a 14s087
5) Alex Yoong, Malásia, a 19s271
6) Jonny Reid, Nova Zelândia, a 21s641
7) Alvaro Parente, Portugal, a 23s409
8) Ian Dyk, Austrália, a 34s068
9) Christian Vietoris, Alemanha, a 35s311
10) Ho-Pin Tung, China, a 36s242
11) Ananda Mikola, Indonésia, a 36s909
12) Jarek Janis, República Tcheca, a 37s411
13) Bruno Junqueira, Brasil, a 37s877
14) Marcel Fassler, Suíça, a 42s238
15) James Hinchcliffe, Canadá, a 51s139
16) Richard Lyons, Irlanda, a 1min03s978
17) Jeroen Bleekemolen, Holanda, a 1min11s491
18) Narain Karthikeyan, Índia, a 1 volta
19) Allam Khodair, Líbano, a 1 volta
20) Jean karl Vernay, França, a 1 volta
21) Nur Ali, Paquistão, a 2 voltas
22) Salvador Duran, México, a 31 voltas
 
Campeonato:


1) Alemanha, 101 pontos
2) Nova Zelândia, 74
3) Grã-Bretanha, 61
4) França, 57
5) Malásia, 50
6) Suíça, 45
7) Holanda, 43
8) Itália, 36
9) México, 35
10) EUA, 35
17) Brasil, 9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *