Rally: Salvini Racing vence a 1ª etapa do Brasileiro de Rally Cross-Country

Guido Salvini, Fernando Montá e Fernando Chwaigter vencem o I Rally Barretos Cross-Country, esbanjam ousadia e empolgam o público com um salto surpreendente.

A equipe Salvini Racing começou muito bem a caminhada rumo ao tricampeonato nacional: venceu a 1ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country e conquistou o ponto extra do super-prime. Mas, além disso, inspirados com os bons resultados, Guido Salvini, Fernando Montá e Fernando Chwaigter deram um show de pilotagem que fez o público aplaudir de pé a performance do trio, que arrojou e não economizou nos saltos.

A disputa aconteceu nos dias 24 e 25 de março, na cidade de Barretos, interior de São Paulo. A competição marcou a estréia de Guido como piloto no Brasileiro, pois até o ano passado, ele ocupava o banco de navegador.  “É muito bom começar o campeonato com vitória e conquistar todos os pontos que estavam em jogo”, comentou, satisfeito.

O time que corre a bordo do Mercedes-Benz Atego 1725 teve problemas com o filtro de ar a partir do quilômetro 10 da especial. “Não conseguimos desenvolver muita velocidade, mas como abrimos uma boa vantagem na corrida de sábado, fizemos o possível para administrar essa diferença”, contou Guido.

A especial do domingo foi bastante rápida e teve aproximadamente 160 quilômetros, que apresentou todas as adversidades do cross-country, como erosões, curvas de nível e lama. A Salvini Racing faturou a etapa com o tempo de 3 horas 25 minutos e 23 segundos. Em segundo lugar ficou Felício Bragante, Marcus Matheus e Nelson Corder, e em terceiro, Amable Barrasa, Edu Sachs e Raphael Bettoni.

O navegador estreante Fernando Montá (que nesta prova substituiu Weidner Moreira) adorou a experiência. “Tenho só que elogiar o piloto, que mesmo com o problema no filtro de ar, conduziu muito bem a disputa. Para mim foi excelente, principalmente, porque finalizamos nossa corrida com um salto espetacular”, enalteceu Montá.

A equipe trabalha do desenvolvimento do caminhão e acredita estar no caminho certo. Além disso, nesta etapa, a Salvini Racing já correu com os novos pneus Michelin XDY-3. “Esse pneu tem desenho diferenciado, com biscoitos maiores que proporciona maior aderência no piso misto. Apresentou uma ótima performance tanto no piso duro, na terra fofa e no terreno seco que encontramos durante o percurso”, assegurou Guido.

Nos carros, a vitória ficou Mauricio Neves e Clécio Maestrelli, seguidos por Felipe Bibas e Emerson Cavassin e Guilherme Spinelli e Marcelo Vivolo.

Resultado da etapa

Caminhões

1º   Guido Salvini/Fernando Montá/Fernando Chwaigter    3h 25min 23s
2º    Felício Bragante/Matheus/Nelson Corder    2h 29min 20s
3º    Amable Barrasa/Edu Sachs/Raphael Bettoni    2h 39min 06s

Carros

1º    Mauricio Neves/Clécio Maestrelli    2h 38min 58s
2º    Felipe Bibas/Emerson Cavassin     2h 40min 04s
3º    Guilherme Spinelli/Marcelo Vivolo   2h 43min 23

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *