Rally: Altitude das especiais no livro de bordo é novidade no Rally de Erechim

O Rally de Erechim vem inovando a cada edição realizada. Para este ano, na sua décima edição, uma das novidades estará no livro de bordo, instrumento utilizado por pilotos, navegadores e equipes para fazerem o levantamento e conhecerem os percursos por onde a prova irá passar.

A principal novidade será a colocação das altitudes das especiais no livro, a chamada altimetria. Ela é medida com ajuda da aparelhos GPS e tem como principal objetivo auxiliar os engenheiros e mecânicos a terem um ajuste mais afinado dos carros, uma vez que a altitude influencia no rendimento dos motores.

“Se pode perder até três HPs de potência a cada 100 metros de altitude. Esta altimetria já é utilizada pelos engenheiros e mecânicos no Campeonato Mundial de Rally de Velocidade e agora está sendo imposta também nas provas aqui de Erechim”, destaca Dirceu Cabral, um dos integrantes do quadro técnico do Rally de Erechim.

Com isso, diz Cabral, as equipes poderão ajustar os carros em cada especial ou fazer uma média de ajustes tendo com isso ganho de potência durante toda a prova. “Em especiais mais longas onde a altitude muda de um ponto para outro, pode-se até mesmo fazer o carro render mais em determinado trecho alcançando ganho de velocidade e melhora no tempo final”, avalia Cabral.

Outra novidade que poderá ser colocada em prática este ano na área técnica é a tradução do livro de bordo para a língua inglesa, além da espanhola. A idéia, segundo Cabral, é enquadrar o livro de bordo e o regulamento geral de prova nos padrões internacionais, apresentados durante as etapas do Campeonato Mundial de Rally de Velocidade.

O Rally Internacional de Erechim é realizado pelo Erechim Auto Esporte Clube e este ano receberá competidores do Brasil e outros países para a disputas das etapas dos campeonatos Sul-americano, Brasileiro e Gaúcho de Rally de Velocidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *