ALMS: Bruno Junqueira nas 12 horas de Sebring a bordo de um Panoz

Nada melhor do que uma das mais tradicionais provas do automobilismo mundial para marcar a volta às corridas sete meses após o acidente nas 500 Milhas de Indianápolis.


Enquanto vive a expectativa da estréia em mais uma temporada da F-Mundial, no comando do Lola/Cosworth da equipe Newman-Haas, prevista para 9 de abril, nas ruas de Long Beach, o mineiro Bruno Junqueira (Banco Rural/RM Sistemas/Grupo A&C/Telemont) ganhou um presente e tanto. Ele foi confirmado como um dos pilotos da equipe Multimatic que brigará pela vitória nas 12 Horas de Sebring na categoria GT2 (carros grã-turismo vendidos em série, com chassi em alumínio e motores aspirados de até 8.000cc, ou turbo 4.000cc) com os esportivos Panoz Esperante GT. A prova, no dia 18 de março, abre o calendário da American Le Mans Series e reúne, no tradicional circuito da Flórida, os principais nomes da modalidade no planeta. Apesar de se tratar de uma estréia neste tipo de competição, em que é preciso conjugar velocidade e estratégia e garantir que o carro resistirá aos mais de dois mil quilômetros de desafio, Bruno está otimista e animado com a oportunidade.

“Estou bastante contente. As 12 horas de Sebring marcarão não só a minha volta as corridas, desde do meu acidente em maio, mas também a minha primeira prova longa de turismo. Sei que será um grande desafio me adaptar a esse tipo de evento, nunca corri uma prova tão longa, com revezamento. Serão várias novas experiências para mim, mas estou bastante entusiasmado com a oportunidade. Na verdade há tempos tenho pensado em começar a participar de provas desse tipo, principalmente das que acontecem durante nossa off season, para não perder o ritmo das competições, já que agora temos um inicio tardio nas corridas da F-Mundial”, explica o mineiro, que dividirá o comando do carro de número 51 com o jovem Gunnar Jeannette e o experiente Tom Milner, ambos especialistas em provas de GT.

Se tem pela frente o desafio da estréia, Bruno terá bons motivos para se sentir em casa. A participação nas 12 H de Sebring foi estimulada pela própria Newman-Haas, para que ele e o companheiro de escuderia na F-Mundial, o francês Sebastien Bourdais iniciem o ano com ritmo de competição. Além disso, a Multimatic é a responsável pelo desenvolvimento de amortecedores e suspensão dos Lola da dupla. Como se não bastasse, Bruno integrará, na prova, a equipe oficial da Panoz, construtora sediada em Atlanta e que, em 2007, passará a fornecer os chassis para a F-Mundial. Especializada na produção de esportivos de alto desempenho com os tradicionais motores V8 Ford, a fábrica encara, em Sebring, times apoiados por construtores como Ferrari, Porsche e BMW. “A oportunidade de correr com a Multimatic não poderia ser melhor, pois já temos um relacionamento de longa data. Acho que essa prova será muito importante para que eu possa chegar á Long Beach para a primeira etapa da Champ Car, já em ritmo de competição”.

Os treinos para a corrida têm início no dia 15 de março e a definição do grid acontece no dia 16. Além de Bruno, apenas um brasileiro está confirmado para a prova: Rafa Matos, que pilotará o protótipo Courage-Mazda LMP2 da equipe BK e que, coincidentemente, também é mineiro de Belo Horizonte.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *