ALMS: Histórico favorece Jaime Melo na etapa de Mosport

Histórico favorável em Mosport motiva Jaime Melo na quarta etapa da ALMS
Em quatro participações no circuito canadense, piloto brasileiro da Ferrari obteve duas vitórias e dois segundos lugares

A retomada do calendário de corridas da American Le Mans Series levou a Risi Competizione a uma pista onde seu histórico de resultados não é dos mais positivos. A equipe texana manteve a sina negativa no Lime Rock Park na corrida de duas semanas atrás – um problema eletrônico na Ferrari F458 Italia tirou da disputa o brasileiro Jaime Melo e o finlandês Toni Vilander, que haviam largado da última posição e vinham assegurando um lugar no pódio.

Agora, Melo e Vilander voltam à ação em uma das pistas de corrida onde a equipe tem um de seus históricos mais positivos na ALMS. A quarta etapa, neste domingo (24), acontecerá em Mosport, pista canadense localizada na província de Ontario. Ocupando o oitavo lugar na classificação do campeonato da classe GT, a dupla mostra confiança redobrada em um bom resultado e manifesta a expectativa de conquistar a primeira vitória na temporada norte-americana.

Melo disputou a etapa de Mosport quatro vezes. Nas duas primeiras, em 2007 e 2008, largou da pole e venceu, tendo o também finlandês Mika Salo como parceiro. Nas edições seguintes, terminou em segundo depois de largar em último – em 2009, teve um acidente no treino livre e não participou da tomada de tempos; em 2010, a substituição de seu parceiro Gianmaria Bruni por Vilander com a etapa em andamento anulou a pole conquistada pelo brasileiro.

Um dos maiores desafios da pista de 3,96 quilômetros de Mosport está nas poucas áreas de escape. “Essa é uma das pistas mais rápidas da categoria, e ao mesmo tempo em que é bastante exigente, tem uma característica desafiadora que a maioria dos pilotos gosta muito”, observa Melo. “Tudo indica que pode ser o início da nossa reação. Estamos trabalhando, claro, por um fim de semana livre de problemas para manter esse bom histórico”, ele acrescenta.

A etapa de Mosport será aberta na sexta-feira (22). A GT terá uma sessão de treinos de 30 minutos a partir das 16h10 e vai à pista em seguida, para o teste de 60 minutos aberto a todas as categorias. O sábado (23) terá dois treinos livres de 60 minutos, às 11h25 e às 15h25. A tomada de tempos vai começar às 16h50. A corrida de domingo terá largada às 16h05 – todos os horários são referentes a Brasília, situada uma hora à frente de Bowmanville no fuso horário.

As três primeiras etapas da American Le Mans Series tiveram vitórias de Dirk Mueller e Joey Hand na classe GT, com o modelo M3 da BMW Motorsport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *