ALMS: Melo Júnior negocia com várias marcas para temporada 2009 da American Le Mans

Contrato do brasileiro com a Ferrari, que garante sua participação até o fim do atual campeonato pela equipe Risi, chega ao fim em dezembro.

Ao mesmo tempo em que inicia na corrida deste sábado (9), em Elkhart Lake, a fase final do campeonato da American Le Mans Series, Jaime Melo Júnior trabalha com vistas à temporada de 2009. O brasileiro, que atualmente defende a equipe Risi Competizione por indicação da Ferrari, tem mantido contatos com os representantes de algumas das outras marcas que atuam na série de turismo dos Estados Unidos, com quem negocia eventuais contratos.


“Ainda não há nada certo para a próxima temporada”, diz Melo Júnior, que nos dois últimos anos conquistou dois títulos pela Ferrari – um no Mundial FIA GT, outro na American Le Mans Series. “Há dois anos, recebi proposta de outra fábrica para trocar de categoria, mas tinha um compromisso com a Ferrari e objetivos que a gente havia traçado em conjunto, preferi ficar”, revela o brasileiro, cujo contrato com a fábrica italiana é válido até dezembro de 2008.


A Acura, subsidiária da Honda que tem-se destacado na classe GT1 da American Le Mans, e a Porsche, principal rival da Ferrari na GT2, estão entre as marcas que mantiveram contato com Melo Júnior para discutir um eventual novo pacote para o ano que vem. “A única coisa concreta no momento é que eu não sei qual marca de carro vou pilotar em 2009, mas as coisas estão se encaminhando bem e a definição não deverá demorar”, ele acredita.


Jaime Melo Júnior construiu carreira no automobilismo em categorias de monopostos. Estreou em 1996 na Fórmula Ford. Nos três anos seguintes disputou a Fórmula 3, conquistando oito vitórias e dois vice-campeonatos sul-americanos. Em 2000 e 2001, defendeu as equipes Petrobras Jr. e Durango no Internacional de Fórmula 3000. Nesta categoria, com três vitórias, ele conquistou o Campeonato Europeu de 2002 pela Great Wall Racing Team.


A última temporada de atuação de Melo Júnior com monopostos foi a de 2003, quando participou da Super Renault V8 européia defendendo a Victory by CRAM. Obteve cinco vitórias – inclusive na etapa de Mônaco, a mais prestigiada do calendário – e, antes mesmo da temporada terminar, assinou um contrato com a JMB Racing para atuar no Mundial FIA GT em 2004. No ano de estréia, venceu a etapa de Donington Park, pela classe GT1.


Seu desempenho valeu-lhe o convite da Ferrari para coordenar as ações em pista do Clienti Corse & Pirelli, programa criado pela fábrica para desenvolver os modelos com que atende as suas equipes nos mais diversos campeonatos de turismo do automobilismo mundial. Melo Júnior seguiu, paralelamente, disputando o Mundial FIA GT. Foi campeão da classe GT2 em 2006 e no ano passado repetiu o título nos Estados Unidos, defendendo a Risi na ALMS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *