Arena Cross: Roosevelt Assunção vence etapa de Rio das Ostras

A fraca garoa não conseguiu espantar as cerca de 6 mil pessoas que lotaram as arquibancadas para acompanhar a segunda etapa do Arena Cross temporada 2007, realizada neste sábado, dia 14, em Rio das Ostras (RJ). Quem também não se incomodou com o tempo instável o piloto Roosevelt Assunção (SP) que venceu uma bateria e chegou em sexto em outra. Ele terminou a etapa em primeiro lugar na categoria MX1 com 27 pontos. Em segundo lugar ficou Rodrigo Selhorst (RO) também com 27 pontos (o critério de desempate foi o resultado da segunda bateria) e em terceiro Jean Carlo Ramos com 26 pontos.

Durante as provas a chuva deu uma trégua e propiciou grandes pegas. Wellington Garcia (GO) confirmou seu favoritismo na MX2. Além de fazer o melhor tempo nos classificatórios ele venceu as duas baterias, fez 41 pontos e se consolidou na primeira colocação do campeonato. Na segunda posição ficou Swian Zanoni (RJ) seguido por Thales Felix da Silva.

O primeiro lugar na categoria 85cc, que estreou no Arena Cross, ficou com com o Hector Assunção. O piloto paulista fez uma prova impressionante e venceu com facilidade. Em segundo chegou Rodrigo Santos Lama (SE) e em terceiro Gustavo Takahashi (SP).

Quem chegou em primeiro na 65cc foi o paulista Kaio Miranda, seguido por Endrews Armstrong (PR) e Eduardo Rudnick (PR). Na 50cc a vitória ficou com Leonardo Neto (SC). Em segundo chegou Djama Brito (SP) e em terceiro Bruno Pinheiro (MG).

A próxima etapa do Arena Cross está marcada para a cidade de Monte Alto (SP), nos dias 4 e 5 de maio.
Confira os detalhes das baterias:

50CC – Quem saiu na liderança foi Matheus Mendonça, com Djalma Brito em segundo e Leonardo Neto em terceiro. Os três primeiros colocados abriram boa vantagem sobre o segundo pelotão e fizeram uma corrida à parte. Leonardo Neto se deu melhor na pista molhada e conseguiu ultrapassar Mendonça e Brito na metade da prova, assumindo a liderança e abrindo uma considerável diferença sobre os demais colocados. No final da corrida Bruno Vieira ultrapassou vários adversários e terminou na terceira colocação.

65 – Pablo Reginato fez uma excelente largada e assumiu a primeira posição. Em duas voltas já tinha quatro segundos de vantagem sobre o Felipe Amaral, que fez uma bela briga com Kaio Miranda. Na quarta volta, Felipe vacilou e Miranda ganhou a posição. A partir deste momento Kaio Miranda partiu para cima do primeiro colocado. A diferença entre os dois era visual com pouco mais de 6 minutos de prova. Aos 7 minutos Pablo Reginato sofreu uma queda e perdeu várias posições. Kaio Miranda assumiu a liderança com Endrews Armstrong em segundo e Eduardo Rudnick em terceiro.

85cc – Rodrigo Lama larga em primeiro, seguido do poli Hector Assunção, que ainda na primeira volta assume a liderança. Gustavo Takanishi é o terceiro. Hector, que é irmão de Roosevelt Assunção faz uma corrida sensacional e vai abrindo grande distância dos demais colocados. Ele termina prova com 19 segundos à frente de Rodrigo Lama. Gustavo e Daniel Guelman passam a travar uma “guerra” pela terceira posição, mas as colocações não sofrem alterações.

MX2 – Primeira bateria: Thales Felix da Silva larga na frente, seguido pelo poli position Wellington Garcia, que já na segunda assumiu a liderança. Swian Zanini que estava em terceiro, também ultrapassou Thales e passou a brigar pelo primeiro lugar. Garcia negociou melhor as ultrapassagens pelos retardatários e abriu boa vantagem sobre Zanoni. Segunda bateria: Wellington Garcia sai frente, com Swian Zanoni em segundo, mas por pouco tempo. Na segunda Zanoni ultrapassa Garcia e é o líder. Gustavo Amaral vem na terceira posição. Wellington Garcia continua na caça a Swian Zanoni e consegue ultrapassá-lo com 5 minutos de prova. Aos 7 minutos Gustavo Amaral cai nas costelas e caiu para a quinta posição.

MX1 – Primeira bateria: O bi-campeão Pipo Castro cruza a primeira volta em primeiro lugar, seguido por Leandro Silva e Rafael Ramos. Na segunda volta, Roosevelt Assunção ganha duas posições e assume a segunda posição. Os três primeiros colocados sobram na pista e distanciam dos demais pilotos. Roosevelt sobre uma queda na metade da prova e perde muitas posições. Leandro Silva ganha a segunda posição com Jean Carlo Ramos em terceiro. Pipo vence com uma vantagem de nove segundos e Roosevelt Assunção ainda consegue chegar em quinto. Segunda bateria: Pipo Castro larga na frente, com Leandro Silva em segundo e Rodrigo Selhorst. Roosevelt Assunção ultrapassa Rodrigo na terceira volta e ganha a sua posição. Leandro Silva erra e cai para o oitavo posto. Assunção ultrapassa e ganha a segunda posição. Com cinco minutos de prova o líder Pipo Castro sofre uma queda grave e abandona a prova. Roosevelt assume herda o primeiro lugar e vence a corrida sem dificuldades, com Rodrigo Serlhost em segundo e Jean Carlo Ramos em terceiro.

O Arena Cross conta com patrocínio da Honda, Aymoré Financiamentos e Old Eight; co-patrocinio da Yamaha, Peels Capacepes e Pirelli. O apoio é da Prefeitura de Rio das ostras, Energia FM e Revista Moto. Realização: Carlinhos Romagnolli Promoções & Eventos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *