Arena Cross: Wellington Garcia estréia com vitória na categoria MX1

Piloto saiu na frente na disputa pelo título da categoria principal do Arena Cross.

Não poderia ser uma estréia melhor. O campeão da categoria MX2 do ano passado Wellington Garcia (GO) mostrou que é mais um dos favoritos na disputa do título da temporada 2008 do Arena Cross na categoria MX1. O piloto de goiana venceu de ponta a ponta a primeira etapa do campeonato, realizada neste sábado, dia 1º de março, em São Manuel/SP (255 km da capital).


A prova disputada em uma área localizada às margens da Rodovia Tharcilio Baroni contou com a presença de cerca de 5 mil pessoas e contribuiu para a arrecadação de quase 10 toneladas de alimentos para o Fundo Social de Solidariedade do Município.


Wellington Garcia estreou na nova categoria de forma fulminante e saiu na frente na disputa pelo título da categoria principal do Arena Cross. Com a vitória e o ponto extra obtido nos treinos classificatórios ele chega aos 21 pontos. Mostrando o mesmo ímpeto da temporada passada, Garcia não esconde seus objetivos. “Eu trabalhei para vencer e acabou dando certo. Nunca entro numa corrida pensando em ser o segundo”, garantiu.


Pipo Castro (SC), que cruzou a primeira volta em terceiro lugar, travou uma boa “briga” com Roosevelt Assunção (SP) no início da bateria pela segunda posição. O catarinense da Yamaha se deu melhor e terminou em segundo lugar. “To muito feliz com o resultado, pois ainda tem muita coisa pela frente. Cheguei a tirar um pouco da diferença para o Wellington em determinado momento da prova, mas cometi um erro e preferi não arriscar mais e manter a segunda posição até o final, o que me garantiu uma boa pontuação no campeonato”, explicou.


O atual campeão da temporada, Leandro Silva (PR), não teve muita sorte. Ele sofreu três quedas. Na primeira, foi para a ultima posição, mas mostrou talento e ainda terminou em quarto lugar. “Larguei bem, mas acabei batendo no Wellington, o guidão entortou e não consegui mais controlar a moto, depois disso cai mais duas vezes. Agora é treinar para a próxima”, lamentou.


MX2 – A “briga” ficou entre os pilotos da Honda Marcelo Lima “Ratinho” (SP) e Jean Carlo Ramos (PR). O curitibano assumiu a liderança na segunda volta ao ultrapassar David Guimarães. Ratinho era o quarto, mas imprimiu um ritmo forte e foi passando os adversários. Com 9 minutos de bateria ele deixa o companheiro de equipe para trás e vence a prova com uma boa vantagem.


“Essa vitória tem um gosto muito especial. Não fiz uma boa temporada no ano passado e comecei o campeonato deste ano com o pé direito”, disse, explicando o motivo da eufórica comemoração. Ratinho afirmou que a prova foi muito disputada e contou o segredo da vitória. “Do meio pro fim eu consegui dar um ‘tiro’ e abri uma boa vantagem, poupei energia na primeira parte e gastei no momento certo”, afirmou. O piloto garantiu que a vitória lhe dá a certeza de que neste ano vai brigar pelo título.


Para Jean Carlo Ramos, o segundo lugar foi satisfatório. “Foi um bom resultado, liderei 75% da prova, mas no final o preparo físico pesou e depois dos 10 minutos meu rendimento caiu muito. O Ratinho fez uma grande prova e mereceu“, disse.


85cc – Quem se deu bem nessa categoria foi o piloto César Augusto Zamboni (MT), que só conquistou a liderança na última volta. “Em Indaiatuba (2007) eu também consegui a vitória no finalzinho. A gente tem que acreditar até o último instante se quiser ser campeão. Eu controlei o meu desgaste até o meio da corrida e no final dei tudo de mim”, disse o vencedor.


Mas, quem começou melhor a prova foi Endrews Armstrong (PR). O curitibano saiu na frente e chegou a abrir uma boa vantagem sobre os demais competidores. Até a metade da prova Zamboni era o terceiro, protagonizando uma bela disputa pela segunda colocação com Everaldo Lima Filho (GO). Zamboni levou a melhor sobre o adversário e foi em busca da liderança, o que conseguiu depois da quebra da corrente da moto de Endrews Armstrong.


65cc – Thiago Fornehl (MT) saiu frente, foi ultrapassado por Kaio Miranda (SP), mas recuperou a primeira posição e foi o vencedor da primeira etapa do Arena Cross. “Quem viu a vantagem no final pode pensar que foi fácil, mas não foi bem isso, foi uma prova muito difícil”, contou Thiago. Kaio Miranda, atual campeão da categoria, terminou em terceiro lugar.


50cc – Kioman Navarro (GO) fez uma corrida perfeita, deu uma volta no quarto colocado e comemorou a vitória em grande estilo: jogou a moto próximo ao gate e ainda fez a dança do Crew. “Foi minha primeira vitória no Arena Cross, estou muito feliz. Estou treinando muito e a vitória foi merecida”, comemorou. Outro destaque foi Djalma Brito (SP), que na primeira volta, quando estava em segundo lugar, sofreu uma queda, foi para última posição, mas mesmo assim terminou em quarto.


Durante a premiação, a surpresa entre as autoridades presentes, foi a do empresário Titônio Massa, pai do piloto Felipe Massa, da Ferrari (F-1). “A gente tem gasolina nas veias, não importa se é automobilismo ou motociclismo. Fiz questão de vir prestigiar o Carlinhos Romagnolli, que é um parceiro nosso e fiquei muito satisfeito com a estrutura do evento”, disse. Titônio revelou que se emocionou com o desempenho das crianças. “Sempre passa um filme na cabeça da gente. O Felipe também começou assim, garotinho como esses meninos e quando vejo os olhinhos deles brilhando, lembro do meu filho que também era assim. Pra eles esse troféu é o máximo, é como se fosse uma medalha olímpica”, garantiu.



A organização do Arena Cross é da empresa Carlinhos Romagnolli Promoções e Eventos (a mesma que realiza o Desafio Internacional das Estrelas de Kart com Felipe Massa). Os patrocinadores são Honda e Gol, com co-patrocínio de Yamaha, Peels e Metzeler. O apoio é da Prefeitura de São Manuel, Rádios Criativa FM, Integração FM, Hot 107 FM e revista Moto!.


RESULTADOS DA ETAPA
50cc
1 – Kioman de Jesus Navarro Munõs
2 – João Gabriel Michelin
3 – Enzo Lázaro Pedó Lopes
4 – Djalma Brito – 11 – pontos
5 – Guilherme Torres da Costa


65cc
1 – Thiago Fornehl
2 – Hallex Dalforo
3 – Kaio Miranda
4 – Joao Pedro Pinho Ribeiro
5 – Pedro Henrique Rosa Bueno


85cc
1 – Cezar Zamboni
2 – Everaldo Filho
3 – Raul Faustino
4 – Gabriel Zenni
5 – Marcos Holtman


MX2
1 – Marcello “Ratinho”
2 – Jean Ramos
3 – Lucas Moraes
4 – Dudu Lima
5 – César Popinhak


MX1
1 – Wellington Garcia
2 – Pipo Castro
3 – Roosevelt Assunção
4 – Leandro Silva
5 – João Paulo Feltz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *