Arrancada: Festival de Arrancada abre temporada em alto estilo no ECPA

Depois de uma temporada de sucesso em 2006, o certame ECPA de arrancada voltou às pistas em clima de muita festa, com direito a quebra de recordes e novidades. Tudo isso acontece neste final de semana, no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo com a realização do 2ª. Festival ECPA de Arrancada.



As prova deste ano começaram em ato estilo, com muita adrenalina e velocidade. Nos três dias de provas, de sexta a domingo, nada menos do que cinco recordes foram quebrados.


 


Dois deles foram conquistados pelo paulista Alex Amoroso, na categoria Hot, com seu Maverick envenenado. O piloto baixou sua própria marca por duas vezes, uma no sábado e outra no domingo, percorrendo os 201 metros da reta em 6s799, já descontado o tempo de reação. “Acho que estava num dia feliz, mas se não fosse o trabalho de equipe, seria mais difícil”, disse o atual campeão da categoria.

Outra grande novidade foi a quebra de recorde do piloto catarinense Ricardo Thomaz de Carvalho, na categoria Super Street Tração Dianteira – SSTD. Ele percorreu os 201 metros da reta do ECPA no domingo em 7s187, porém, ainda o sábado, o piloto de Florianópolis com um Kadett aspirado, já havia quebrado o recorde que pertencia ao paulista Rafael Oliver (7s671) com a marca de 7s592.



Outra categoria teve seu recorde quebrado. Na Força Livre Tração Dianteira – FLTD, João Roberto Tasso baixou seu próprio tempo, que era de 6s839, para 6s780.



O festival contou ainda com muitas atrações. Como o sorteio de duas pessoas do público para acompanhar o show de velocidade nos próprios carros.


 


Premiação


No sábado, a noite, na boate Croco, aconteceu a premiação dos campeões do Campeonato ECPA de Arrancada 2006. Na ocasião houve o sorteio de uma moto, onde Alex Amoroso conquistou mais este prêmio. “Tivemos uma excelente temporada em 2006. Quem sabe neste ano não aumentamos ainda mais os prêmios”, disse satisfeita Daniella Giannetti, proprietário do ECPA.


 


“O segundo Festival de Arrancada também foi muito produtivo, com a vinda de novos carros e pilotos. Esperamos ter um grande campeonato a partir de abril”, completou.


 


Conheça os vencedores do Festival em cada categoria disputada


 


Street Tração Dianteira – STD


Murio Evangelos Kratsas (8s895)


 


Super Street Tração Dianteira – SSTD


Ricardo Thomaz de Carvalho (7s310)


 


Street Tração Traseira – STT


Cristiano Gomes Ribeiro (8s232)


 


Street Turbo Tração Traseira – STTT


Fabio Alarcon de Lima (7s681)


 


Street Super Tração Traseira – SSTT


Alex Amoroso (6s881)


 


Street Turbo Tração Dianteira – STTD-B


Marcio Evangelista Pinto (8s153)


 


Street Super Turbo Tração Dianteira – STTD-A


Luis Carlos Angeli Jr. (7s964)


 


Força Livre Tração Dianteira – FLTD


João Roberto Tasso (6s780)


 


Força Livre Tração Traseira – FLTT


Cristian Flavio de Castro (6s793)


 


Estruturada – EST


Elcio Pelegrini (7s818)


 


Estruturada Import – EST. Import


Elcio Pelegrini (8s182)


 


Dragster Light


Willy Heitor Lopes Marques (8s790)


 


Turbo Original de Rua – TOR


Cleber Santoia Silva (8s372)


 


Hot Rod – HOT


Alex Amoroso (6s965)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *