Asian le Mans Series: Marcos Gomes termina em quinto em Abu Dhabi

Numa corrida em que esteve muito perto da vitória ou, pelo menos, terminar no pódio dos três primeiros, o piloto Viemar Automotive, Marcos Gomes, ficou em 5º lugar da categoria GT, hoje (sexta-feira, 19/02), na prova “4 Horas de Abu Dhabi”, válida pela terceira etapa do Campeonato Asian Le Mans Series. O atual piloto da Stock Car, campeão da temporada de 2015, teve novamente atuação impecável com o Mercedes-AMG GT3 da equipe HubAuto Racing, que foi pilotado também pelo italiano Rafaele Marciello e o australiano Liam Talbot. O brasileiro registrou ainda a melhor volta da prova na sua categoria, com o tempo de 2min09s249.

Na classificação geral, a “4 Horas de Dubai” foi vencida pelo LMP2 Oreca 07 – Gibson, dos pilotos Sean Gelael e Tom Bronqvist, que completou 114 voltas em 4 horas, 12 minutos, 12 segundos e 808 milésimos. Na classe LMP3, a vitória ficou com o Ligier JS P320 – Nissan, dos pilotos Tony Wells e Collin Noble, que terminou em 7º da geral, com 106 voltas. Já na classe GT, de Marcos Gomes, o primeiro lugar ficou novamente para o Porsche 911 GT3 R da equipe GPX Racing e do trio Julien Andlauer, Axcil Jefeeries e Alain Ferté, que chegou em 11º lugar da geral, com 105 voltas.

O Mercedes-AMG GT3 de Marcos Gomes largou na “pole-position” da categoria, com tempo de 2:07.333, marca essa estabelecida pelo piloto oficial da fábrica alemã, Marciello. Porém, com o piloto bronze Liam Talbot no primeiro turno, completou a volta inicial em terceiro, onde permaneceu por um bom tempo. No final do seu turno, de praticamente 1 hora, Talbot caiu um pouco mais e quando Marcos Gomes entrou na pista, a posição era de 14º lugar. Estabelecendo voltas mais rápidas e muito constantes, o piloto Viemar chegou a ficar em 3º, quando a equipe HubAuto prolongou a sua permanência no carro, aproveitando para fazer mais um pit-stop numa bandeira amarela com entrada do Pace-Car.

Assim, Marcos caiu para o oitavo lugar, mas fez a melhor volta do time aproveitando a utilização de pneus mais novos. Faltando cerca de 1 hora para acabar a corrida, Marcos estava em 2º, com apenas 14 segundos atrás do líder, um Aston Martin, que parou na mesma hora que ele nos boxes. Naquela altura da corrida, o companheiro do brasileiro, Marciello saiu em quinto, atrás do Aston Martin e tinha ainda mais três carros na sua frente que teriam ainda de fazer a última troca de piloto, de pneus e abastecimento.

Porém, o primeiro e segundo colocados, os dois Posrche 911 GT3 R, que terminaram a corrida na ponta, tiveram a sorte de entrar no box com bandeira amarela e permaneceram na frente do Mercedes do italiano, que passou a ocupar o terceiro lugar da classificação da categoria GT. Pelo menos, o trio do Mercedes da HubAuto iria comemorar o primeiro pódio do campeonato, mas o piloto italiano recebeu uma punição de drive thru, por ultrapassar limite de pista, que cumpriu exatamente na última volta, caindo para o quinto lugar. Com o resultado, Marcos Gomes subiu da 7ª para 6ª posição do campeonato, com 23 pontos, mas sem possibilidades de conquistar o bicampeonato seguido do Asian Le Mans Series.

“Hoje foi um dia realmente de muita falta de sorte. Confesso que quando entreguei o carro para o Marciello, outro piloto de elevado nível técnico, fiquei com a certeza de que ganharíamos a corrida. Porém, os Porsche foram muito beneficiados com a bandeira amarela na hora em que estavam prontos para entrar nos boxes. Assim, só nos resta lutar por uma vitória amanhã (sábado), na segunda prova em Abu Dhabi, já que largaremos novamente na pole”, explicou o piloto Viemar Automotive, Marcos Gomes.

A segunda prova “4 Horas de Abu Dhabi”, que define o campeonato, será realizada, neste sábado, a partir das 9h10 (hora de Brasília). Quem quiser pode ver, ao vivo, no site www.asianlemansseries.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *