Audi DTCC: Decisão do título fica para Brasília (DF)

O líder Elias Azevedo teve problemas no Velopark (RS), não conseguiu ser campeão por antecipação e viu a aproximação de Adolpho Rossi (vencedor da corrida 2) e da dupla Idenis de Souza/Willians Farias. José Mario Castilho levou a outra prova do fim de semana

O Audi DTCC – Driver Touring Car Cup – não conheceu seu primeiro campeão como muitos imaginavam na etapa de Velopark (RS), neste fim de semana. Pelo contrário: a disputa ficou embolada para a última parada do campeonato, em Brasília (DF), no dia 29 de outubro.

Líder da temporada, Elias Azevedo tinha 45 pontos de vantagem e a oportunidade para conquistar o título por antecipação – com 41 de diferença, liquidaria a fatura. Mas o piloto teve um fim de semana de muitos problemas, em que ficou em sétimo em uma corrida e abandonou outra. Melhor para Adolpho Rossi, vencedor da segunda prova, e para a dupla formada por Idenis de Souza e Willians Farias, que se aproximaram do topo da tabela.

Mesmo com os contratempos, Elias manteve a liderança do Audi DTCC, mas agora tem 23 pontos de vantagem sobre Rossi e 28 sobre Souza/Farias. Todos têm chances de conquistar o primeiro campeonato da história da categoria.

Além de Rossi, José Mario Castilho venceu a primeira corrida do fim de semana na pista gaúcha.

As corridas – Quando saiu o grid de largada da bateria inicial do fim de semana no Velopark, já era possível perceber que seria difícil para Elias Azevedo conquistar o título com antecipação. O piloto foi apenas o décimo colocado, com o tempo de 1min08s742. Para piorar, os rivais do líder, Idenis de Souza e Willians Farias, fizeram a pole-position (1min07s472), com José Mario Castilho (1min07s472) completando a primeira fila.

E foram os dois ponteiros do grid que disputaram a vitória do começo ao fim, em pista molhada pela manhã. Mesmo largando em segundo, Castilho conseguiu ultrapassar o carro da dupla Souza/Farias e ficou com o posto mais alto do pódio. Kaká Mantovani saiu de oitavo para completar a lista dos três primeiros.

Na briga pelo título, Azevedo tentava não perder a larga vantagem e conseguiu subir três posições, acabando em sétimo. Mas o grande destaque da corrida seria aquele que passaria a ser em breve o grande rival do líder. Adolpho Rossi largou em 12º, conquistou sete colocações e terminou em quinto, garantindo-se entre os primeiros do grid da segunda prova.

Com pista seca pela tarde, Rossi brilhou com uma corrida agressiva, conquistando posições e a vitória que lhe garantiu a vice-liderança do campeonato. Castilho confirmou seu bom desempenho no Velopark com a segunda colocação. Mantovani novamente fechou em terceiro.

Os postulantes ao título não foram tão bem. Souza e Farias não repetiram a mesma performance sob pista molhada e não conseguiram passar da oitava posição. Já Azevedo acabou de vez com suas chances de ser campeão neste fim de semana ao se envolver em um acidente com Wagner Amorim e Herberto Heinen.

Com isso, a decisão ficou para o Planalto Central, onde a disputa promete ser emocionante até a última bandeirada final.

A classificação do Audi DTCC após dez corridas disputadas:
1) Elias Azevedo, 141
2) Adolpho Rossi, 118
3) Idenis de Souza/Willians Farias, 113

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *