Audi DTCC: Dudu Rocha vence 1ª corrida no Velopark

Sofrendo bastante pressão de Elias Azevedo no início da prova, piloto paulista consegue se manter na frente e vencer corrida agitada

Manter-se na frente na largada em uma pista como o Velopark é essencial para um bom resultado na corrida. A filosofia, seguida por grande maioria dos pilotos, foi a tônica da corrida de Dudu Rocha, que estreou no Audi DTCC (Driver Touring Car Cup) neste final de semana e garantiu, além da pole position, a vitória na primeira corrida, disputada na manhã deste sábado (18).

Em segundo lugar ficou Elias Azevedo, que manteve a liderança no campeonato, a 2s246 do vencedor. Outro estreante, Willians Farias, terminou em terceiro lugar, seguido de Eduardo Müller, Adolpho Rossi e Herberto Heinen fechando os seis primeiros que terão a ordem de chegada invertida no grid para a segunda corrida, que acontece logo mais às 15 horas. Assim, o estreante gaúcho Herberto Heinen (que havia largado da nona colocação) sai na pole position.

“No começo foi bem apertado. O Elias não me deu sossego durante um bom tempo, principalmente nas quatro primeiras voltas. Depois comecei a ir melhor que ele em alguns trechos da pista e pude abrir um pouco de distância”, disse Rocha. “Entretanto, era uma margem pequena, e eu sabia que não poderia cometer nenhum erro, senão eu perderia a liderança”, destacou o piloto, que na segunda corrida cede seu lugar no cockpit do Audi A3 Sport DTCC ao seu parceiro Sergio Bürger.

Elias Azevedo bem que tentou a ponta nas voltas iniciais, mas destacou as dificuldades do circuito de 2.278 metros do Velopark, que na corrida desta manhã ainda tinha asfalto parcialmente úmido. “O Dudu largou muito bem e no início eu conseguia chegar nele, mas para ultrapassar eu tinha de forçar muito o carro e a situação. Seria perigoso, eu poderia acabar com a corrida dos dois, e estou correndo pensando no campeonato. Estou feliz com o resultado”, afirmou Azevedo.

Já Willians Farias, que estreou na categoria no carro que também é de Idenis de Souza, teve bastante trabalho na corrida. Largando em quinto, ele forçou uma ultrapassagem no final da reta principal e acabou perdendo uma posição. E teve de iniciar uma recuperação. “Tive que recuperar as posições perdidas. Forcei o tempo todo, consegui uma ultrapassagem na primeira curva e na parte final da prova conquistei a terceira posição em cima do Müller. Até chegamos a nos tocar, mas é coisa de corrida. Eu vinha tirando tempo para os dois primeiros, em torno de dois a três décimos por volta, mas aí preferi poupar o equipamento para o Idenis correr a segunda bateria”, lembrou Farias, terceiro colocado.

O pelotão que se formou atrás dos três primeiros proporcionou bons momentos aos envolvidos, com várias trocas de posição e também alguns toques. “A pista tinha alguns pontos úmidos. Perdi algumas posições na largada, ganhei depois, mas errei ao frear numa poça d’água e fui para trás de novo e ainda fiz algumas ultrapassagens. Foi uma corrida bem divertida”, destacou Décio Rodrigues, sétimo colocado.

Confira o resultado da primeira bateria do Audi DTCC no Velopark:

1-) Dudu Rocha – 24 voltas em 27min13s494
2-) Elias Azevedo – a 2s246
3-) Willians Farias – a 7s673
4-) Eduardo Müller – a 22s860
5-) Adolpho Rossi – a 29s790
6-) Herberto Heinen – a 36s445
7-) Decio Rodrigues – a 38s347
😎 Matheus Maccari – a 42s727
9-) Daniel Daroz – a 43s354
10-) Roger Wehmuth – a 48s565
11-) Wagner Amorin – a 49s883
12-) Rogério Garrubbo – a 56s295
13-) Dionon Cantarelli – a 1 volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *