AutoGP: Kimiya Sato e Vittorio Ghirelli vencem na Hungria

O japonês Kimiya Sato (Euronova) e o italiano Vittorio Ghirelli (Super Nova) foram os vencedores da terceira etapa da temporada, disputada em Hungaroring, na Hungria.

Prova 1:

Sato venceu a primeira prova, seguido por Ghirelli e o italiano Sergio Campana (Ibiza).

Terceiro no grid, Sato assumiu a liderança na primeira curva, ao superar Ghirelli e o húngaro Tamas Pal Kiss (MLR71). Pouco depois Ghirelli superou Kiss, e na segunda volta, reassumiu a ponta, ao ultrapassar Sato.

Contudo com problemas na parte traseira, o italiano ficou lento na pista, tendo que ir para os boxes. Novamente líder, Sato venceu pela segunda vez no ano.

O italiano Riccardo Agostini (Manor MP) terminou em quarto, seguido por Kiss, que estreava na categoria. O ex-F-1 indiano Narain Karthikeyan (Zela), com o oitavo lugar, garantiu a pole para a segunda prova, devido ao sistema de inversão dos oito primeiros.

Final, prova 1:

1 – Kimiya Sato – Euronova – 19 voltas em 30’55″139
2 – Vittorio Ghirelli – Super Nova – 0″356
3 – Sergio Campana – Ibiza – 1″787
4 – Riccardo Agostini – Manor MP – 5″649
5 – Tamas Pal Kiss – MLR 71 – 6″740
6 – Meindert Van Buuren – Manor MP – 14″290
7 – Daniel De Jong – Manor MP – 28″387
8 – Narain Karthikeyan – Zele – 32″670
9 – Andrea Roda – Virtuosi UK – 33″233
10 – Max Snegirev – Virtuosi UK – 39″842
11 – Francesco Dracone – Super Nova – 50″337
12 – Yoshitaka Kuroda – Euronova – 51″568
13 – Giuseppe Cipriani – Ibiza – 59″066
14 – Michele La Rosa – MLR 71 – 1’02″587
15 – Robert Visoiu – Ghinzani – 2 voltas
16 – Luciano Bacheta – Zele – 2 voltas
Volta mais rápida: Vittorio Ghirelli 1’34″171      

Prova 2:

Ghirelli venceu a segunda prova. Campana e Agostini completaram o pódio.

O italiano assumiu a ponta na oitava volta, ao superar Karthikeyan, que liderava desde a largada. Durante os pits stops, o indiano também perdeu posições para Campana e Agostini, terminando em quarto. Kiss foi o quinto, seguido por Sato, que lidera o campeonato.

Sato lidera o campeonato com 97 pontos, cinco a mais do que Campana. Ghirelli é o terceiro com 83.

A próxima etapa acontece em Silverstone, na Inglaterra, entre os dias 01 e 02 de junho.

Final, prova 2:

1 – Vittorio Ghirelli – Super Nova – 19 voltas em 31’11″327
2 – Sergio Campana – Ibiza – 7″994
3 – Riccardo Agostini – Manor MP – 10″262
4 – Narain Karthikeyan – Zele – 13″504
5 – Tamas Pal Kiss – MLR 71 – 14″084
6 – Kimiya Sato – Euronova – 19″001
7 – Daniel De Jong – Manor MP – 19″342
8 – Max Snegirev – Virtuosi UK – 25″356
9 – Luciano Bacheta – Zele – 35″774
10 – Robert Visoiu – Ghinzani – 36″736
11 – Francesco Dracone – Super Nova – 53″189
12 – Andrea Roda – Virtuosi UK – 1’07″457
Volta mais rápida: Vittorio Ghirelli 1’35″187

Abandonos:

Michele La Rosa – MLR 71 – 15 voltas
Yoshitaka Kuroda – Euronova –  13
Giuseppe Cipriani – Ibiza – 11
Meindert Van Buuren – Manor MP – 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *