AutoGP: Sergey Afanasiev e Giovanni Venturini vencem em Oschersleben

O russo Sergey Afanasiev (DAMS) e o italiano Giovanni Venturini (Durango) foram os vencedores da 5ª etapa da temporada, disputada em Oschersleben, na Alemanha.


Prova 1:

No sábado (30/07) Afanasiev venceu a primeira prova, seguido pelo francês Adrien Tambay (Campos) e o italiano Kevin Ceccon (Ombra).

Logo na primeira curva o pole-position, o italiano Fabrizio Crestani (Lazarus) foi tocado pelo compatriota Samuele Buttarelli (TP Formula), com Afanasiev assumindo a ponta.

Antes do pit stop obrigatório, o russo abriu quatro segundos de vantagem sobre Tambay. O francês parou antes nos pits, o que permitiu diminuir a diferença para apenas 0s3 após a parada do líder.

Com os pneus já aquecidos Afanasiev fez uma sequencia de voltas rápidas, com Tambay não tendo chances de tentar a ultrapassagem. No final Afanasiev recebeu a bandeirada com 0s644 de vantagem.

Com o problema mecânico do estoniano Kevin Korjus (DAMS) na penúltima volta, e o erro do compatriota Fabio Onidi (Lazarus) na última volta, Ceccon conquistou a última vaga no pódio.

O espanhol Adrian Campos Jr (Campos) terminou em 5º, seguido pelo holandês Daniel de Jong (MP). Os italianos Pasquale di Sabatino (TP) e Giovanni Venturini  (Durango) fecharam os oito primeiros. Com os oito primeiros revertidos, Venturini garantiu a pole para a segunda prova.

Pela batida em Crestani, Buttarelli levou uma punição de cinco posições no grid da próxima etapa, em Valência.

Final, prova 1:

1.  Sergey Afanasiev  DAMS  32m58s137
2.  Adrien Tambay  Campos + 0s644
3.  Kevin Ceccon  Ombra + 16s135
4.  Fabio Onidi  Lazarus + 19s329
5.  Adrian Campos Jr  Campos + 24s415
6.  Daniel de Jong  MP + 28s249
7.  Pasquale di Sabatino TP + 31s690
8.  Giovanni Venturini  Durango + 34s183
9.  Bruno Mendez  Campos  + 1 volta
10.  Kevin Korjus  DAMS  + 2 voltas

Abandonos:

Francesco Dracone  Emmebi  1 volta
Fabrizio Crestani  Lazarus  1 volta
Giuseppe Cipriani  Durango  0 volta
Samuele Buttarelli  TP   0 volta

Prova 2:

Neste domingo (31/07), Venturini venceu a segunda prova. Afanasiev foi o 2º, seguido por Tambay.

Com chuva a prova começou com os carros atrás do safety-car. Após três voltas o SC deixou a pista. Venturini passou então a ser fortemente pressionado por de Jong, com Tambay e Afanasiev logo atrás. No final da 6ª volta a diferença entre os quatro não passava de dois segundos.

De Jong tentou passar Venturini, acabando dando um passeio na brita, caindo para 7º. Tres voltas antes o holandês já tinha se tocado com Tambay, que rodou e caiu para 4º. Os comissários anunciaram que de Jong seria investigado após a prova. Com os toques, Afanasiev assumiu a segunda posição.

Venturini venceu com 1s1 de vantagem sobre Afanasiev. Tambay foi o 3º. Di Sabatino terminou em 4º, seguido por Korjus e Ceccon.
 
Ceccon assumiu a liderança do campeonato. O italiano Luca Filippi, que com compromisso com a GP2 Series não disputou a prova, caiu para 2º com 98 pontos. Afanasiev é o 3º com 83.

A próxima etapa acontece em Valência, na Espanha, entre os dias 02 e 04 de setembro.

Final, prova 2:

1.  Giovanni Venturini  Durango  17 voltas em 30m25s268
2.  Sergei Afanasiev  DAMS  + 1s183
3.  Adrien Tambay  Campos + 3s376
4.  Pasquale di Sabatino  TP + 3s817
5.  Kevin Korjus  DAMS + 5s913
6.  Kevin Ceccon  Ombra + 6s099
7.  Daniel de Jong  MP + 11s165
8.  Samuele Buttarelli  TP + 30s388
9.  Fabrizio Crestani  Lazarus  + 1 volta
10.  Fabio Onidi  Lazarus + 1 volta
11.  Adrian Campos Jr   Campos + 2 voltas

Abandonos:

Francesco Dracone  Emmebi  12 voltas
Giuseppe Cipriani  Durango  10 voltas
Bruno Mendez  Campos  2 voltas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *