AutoGP: Vittorio Ghirelli é o Campeão de 2013

O italiano Vittorio Ghirelli (Super Nova) sagrou-se neste domingo (06/10), Campeão da Temporada 2013 da AutoGP, após a disputa da última etapa, em Brno, na República Checa.

Prova 1:

No sábado (05/10), o indiano Narain Karthikeyan, parceiro de equipe de Ghirelli, venceu a primeira prova. Ghirelli foi o segundo, seguido pelo romeno Robert Visoiu (Ghinzani).

Com a vitória, Karthikeyan somou 195 pontos, 15 a menos do que Ghirelli, e manteve viva as suas chances de ser campeão. O japonês Kimiya Sato (Euronova) terminou em quarto, e manteve as chances matemáticas de ser campeão.

O húngaro Tamas Pal Kiss (Zele) foi o quinto, seguido pelo italiano Sergio Campana (Ibiza). O italiano Andrea Roda (Virtuosi UK), o venezuelano Roberto La Rocca (Comtec by Virtuosi), o holandês Daniel De Jong (Manor MP) e o russo Max Snegirev (Virtuosi UK) completaram os dez primeiros. La Rocca garantiu a pole para a segunda prova, com o grid dos oito primeiros invertido.

Final, prova 1:

1 – Narain Karthikeyan – Super Nova – 16 voltas em 28’44″800
2 – Vittorio Ghirelli – Super Nova – 3″331
3 – Robert Visoiu – Ghinzani – 7″804
4 – Kimiya Sato – Euronova – 12″210
5 – Tamas Pal Kiss – Zele – 12″440
6 – Sergio Campana – Ibiza – 29″106
7 – Andrea Roda – Virtuosi UK – 29″316
8 – Roberto La Rocca – Comtec by Virtuosi – 31″389
9 – Daniel De Jong – Manor MP – 33″723
10 – Max Snegirev – Virtuosi UK – 38″834
11 – Yoshitaka Kuroda – Euronova – 41″939
12 – Meindert Van Buuren – Manor MP – 59″710
13 – Francesco Dracone – Ibiza – 1’04″743
14 – Michele La Rosa – MLR71 – 1’15″204
15 – Josef Kral – Zele – 1’24″410

Volta mais rápida: Tamas Pal Kiss 1’44″726

Abandonos:

Michela Cerruti – MLR71 – 12 voltas
Kevin Giovesi – Ghinzani – 1 volta

Prova 2:

Neste domingo (06/10), Sato venceu a prova de encerramento da temporada. A vitória e o ponto pela melhor volta não foram suficientes para evitar o título de Ghirelli, que terminou em terceiro. Campana foi o segundo.

Roda terminou em quarto, seguido por Pal Kiss e o italiano Kevin Giovesi (Ghinzani). La Rocca, de Jong e o holandês Meindert Van Buuren (Manor MP) fecharam a zona de pontos.

Karthikeyan recebeu a bandeirada em primeiro, mas foi desclassificado. Ele devia ter entrado nos boxes, ao receber uma bandeira preta e laranja, devido a um suporte perdido na asa dianteira do carro, que poderia provocar um acidente.

Ghirelli somou 222 pontos. Sato foi o vice com 213. Campana ficou em terceiro com 197 pontos, seguido por Karthikeyan com 195.

Ghireli também ficou com o título entre os pilotos com menos de 21 anos. Visoiu foi o vice.

A Super Nova foi a Campeã entre equipes.

Final, prova 2:

1 – Kimiya Sato – Euronova – 16 voltas em 28’48″297
2 – Sergio Campana – Ibiza – 15″625
3 – Vittorio Ghirelli – Super Nova – 21″678
4 – Andrea Roda – Virtuosi UK – 22″647
5 – Tamas Pal Kiss – Zele – 25″126
6 – Kevin Giovesi – Ghinzani – 25″752
7 – Roberto La Rocca – Comtec by Virtuosi – 27″015
8 – Daniel De Jong – Manor MP – 29″254
9 – Meindert Van Buuren – Manor MP – 35″112
10 – Max Snegirev – Virtuosi UK – 35″774
11 – Yoshitaka Kuroda – Euronova – 42″051
12 – Josef Kral – Zele – 43″703
13 – Michela Cerruti – MLR71 – 52″866
14 – Francesco Dracone – Ibiza – 59″312
15 – Michele La Rosa – MLR71 – 1’39″425

Volta mais rápida: Kimiya Sato 1’44″470

Abandono:
Robert Visoiu – Ghinzani – 7 voltas

Desclassificado:

Narain Karthikeyan – Super Nova –

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *