IndyCar: Will Power vence segunda prova em Houston. Scott Dixon é o novo líder

O australiano Will Power (Penske) venceu neste domingo (06/10), no circuito montado nas ruas da cidade de Houston, nos EUA, a 18ª etapa da temporada. O neozelandês Scott Dixon (Ganassi) terminou em segundo e assumiu a liderança do campeonato. O canadense James Hinchcliffe (Andretti Autosport) fechou o pódio.

Pole-position, o brasileiro Helio Castroneves (Penske) manteve a ponta na largada, seguido por Dixon. Antes do final da primeira volta, a bandeira amarela foi agitada. A suíça Simona de Silvestro (KV Racing) tentou passar de uma só vez, o norte-americano Graham Rahal (RLL) e o francês Tristan Vautier (Schmidt). A piloto, segunda colocada na prova de ontem, levou um drive-through pelo incidente.

Por queimar a largada, o norte-americano Marco Andretti (Andretti Autosport) levou um drive-through.

A prova recomeçou na 7ª volta. Quatro voltas depois, Castroneves começou a ficar lento na pista. As inúmeras ondulações da pista danificaram o fundo do carro, e consequentemente a caixa de marchas do carro #3. Castroneves foi guinchado de volta para os boxes.

Dixon assumiu a liderança. Na 17ª volta a prova recomeçou.  Vencedor da prova de ontem, Dixon começou a ser pressionado por Power. Na primeira parada nos boxes, para reabastecimento e troca de pneus, pouco antes da 30ª volta, os dois entraram juntos. Dixon manteve a posição no retorno a prova. Na sequencia, o italiano Luca Filippi (BHA), acertou o muro, provocando a segunda amarela.

A relargada aconteceu na 33ª volta. Na seguinte, o brasileiro Tony Kanaan (KV Racing) acertou o muro com força, acionando outra amarela.

Na relargada, na 40ª volta, Power passou Dixon, assumindo a liderança. Sete voltas depois, Castroneves voltou a prova, com 36 voltas de atraso. Faltando 40 voltas para o final, Power tinha apenas 0s4 de vantagem sobre Dixon.  Hinchcliffe era o terceiro.

Na 62ª volta, os dois novamente entraram juntos nos boxes, com Power saindo em primeiro. Logo depois, o norte-americano Ed Carpenter (ECR) parou na pista. Nova amarela.

Cinco voltas depois, a prova recomeçou, mas na sequencia a amarela foi novamente agitada, devido a pedaços de carros na pista. A prova recomeçou na 70ª volta.

Faltando seis voltas para o final, o norte-americano Josef Newgarden (SFR) tocou em Andretti, provocando a última amarela. Newgarden levou um drive-through. A prova recomeçou na 77ª volta, com Dixon partindo para cima de Power nas voltas finais.

O australiano, trabalhando a favor do parceiro de equipe Castroneves, segurou o neozelandês até a bandeirada final. Hinchcliffe fechou o pódio.

O britânico Justin Wislon (Dale Coyne) terminou em quarto, seguido pelo francês Sébastien Bourdais (Dragon).

Na curva cinco da volta final, o japonês Takuma Sato (Foyt) deu uma escapada na curva, deixando o escocês Dario Franchitti (Ganassi) sem ter para aonde ir. O tetracampeão acertou o carro do japonês, sendo lançado no ar direto para a grade de proteção da arquibancada. O venezuelano Ernesto Viso (Andretti Autosport) também se envolveu na batida.

A fortíssima pancada destruiu parte da grade de proteção, lançando centenas de detritos nas fãs. Com o carro totalmente destruído, Franchitti demorou a ser retirado do cockpit.

Segundo informações de Chip Ganassi, dono da equipe de Franchitti, o piloto foi levado consciente e reclamando de dores em um tornozelo e nas costas, para o Memorial Hermann Hospital.

Cerca de 15 espectadores  foram atendidos no Centro Médico montado no Reliant Park.

Dixon soma 546 pontos, 25 a mais do que Castroneves.

A última prova acontece no Auto Club Speedway, em Fontana, nos EUA, no dia 19 de outubro. 

Final:

1. #12 Will Power Penske Chevrolet 90 voltas em 1h52m28s9525
2. #9 Scott Dixon Ganassi Honda + 0.8286
3. #27 James Hinchcliffe Andretti Chevrolet + 4.3629
4. #19 Justin Wilson Dale Coyne Honda + 5.0234
5. #7 Sebastien Bourdais Dragon Chevrolet + 8.012
6. #77 Simon Pagenaud Schmidt Honda + 11.0712
7. #4 Oriol Servià Panther Chevrolet + 14.0815
8. #83 Charlie Kimball Ganassi Honda + 15.1566
9. #18 Mike Conway Dale Coyne Honda + 15.5568
10. #78 Simona de Silvestro KV Racing Chevrolet + 31.3618
11. #55 Tristan Vautier Schmidt Honda + 32.946
12. #6 Sebastian Saavedra Dragon Chevrolet + 38.3799
13. #67 Josef Newgarden SFHR Honda + 1:19.5633
14. #14 Takuma Sato AJ Foyt Honda + 1 volta
15. #10 Dario Franchitti Ganassi Honda + 1 volta
16. #5 EJ Viso Andretti-HVM Chevrolet + 1 volta
17. #16 James Jakes RLL Honda + 1 volta
18. #15 Graham Rahal RLL Honda + 2 voltas
19. #98 Luca Filippi BHA Honda + 2 voltas
20. #25 Marco Andretti Andretti Chevrolet + 2 voltas
21. #1 Ryan Hunter-Reay Andretti Chevrolet + 3 voltas
22. #20 Ed Carpenter Ed Carpenter Chevrolet + 29 voltas
23. #3 Helio Castroneves Penske Chevrolet + 37 voltas
24. #11 Tony Kanaan KV Racing Chevrolet + 58 voltas

Volta mais rápida:

#98 Luca Filippi BHA Honda 59.1215s 99.497mph na volta 86

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *