Blancpain GT: Em etapa com clima instável, Lukas Moraes tem fim de semana difícil em Hungaroring

Hungaroring sediou no último fim de semana a quarta e penúltima etapa do Blancpain GT Series Sprint Cup, que teve emoções extras por causa do clima instável nas duas corridas da rodada dupla, com estratégias diferentes e muitos desafios para os pilotos. Para Lukas Moraes, o único brasileiro no grid, apesar de um desempenho mais competitivo, comprovando a evolução a cada rodada, a expectativa de brigar por pódios não se confirmou por conta de corridas conturbadas.

Após dois treinos livres bem produtivos na sexta-feira, no dia seguinte a dupla fez uma de suas melhores classificações do ano, com Andrew Watson largando em 11º lugar entre os 22 carros do grid. Devido a chuva que caiu pouco antes da largada, a equipe francesa 3Y Technology optou por arriscar na estratégia e começar com pneus de chuva, visto que a pista ainda estava molhada. O piloto inglês fez uma bela primeira volta, alcançando a quarta posição, e depois chegou a estar em 2º, tirando um melhor desempenho de seus pneus, em relação aos carros com pneus slick.

Porém, a pista começou a secar rapidamente na sequência, e ele perdeu posições, caindo para 17º. Ele ainda teve de pagar um drive-through por não respeitar os limites da pista, antes de entrar nos boxes para o pit-stop obrigatório, quando Lukas Moraes assumiu, já de pneus para pista seca. O brasileiro começou andando forte, marcando tempos próximos aos primeiros colocados, porém, um problema de câmbio no fim os fez abandonar a prova. A dupla Christian Elgelhart e Mirko Bortolotti foram os vencedores, com uma Lamborghini Huracan GT3.

Já no domingo, a chuva ainda estava forte na largada da corrida 2, que, inclusive, teve seu começo sob o regime de safety-car, para que os pilotos pudessem avaliar melhor a situação da pista. Nessas condições, Lukas teve ótimo desempenho, saindo de 19º e fazendo boas ultrapassagens até chegar à 12ª posição antes do pit-stop, quando Watson assumiu. Na segunda metade da prova, porém, o carro perdeu rendimento, e a dupla da BMW M6 GT3 #37 terminou no 15º lugar. A vitória ficou com Raffaele Marciello e Michael Meadows, a bordo de uma Mercedes-AMG GT3.

Apesar da expectativa por brigarem por melhores resultados na etapa, Lukas Moraes e Andrew Watson estão a apenas sete pontos dos 2º colocados na classificação da categoria Silver Cup. A dupla vai em busca do vice-campeonato em duas semanas, entre os dias 13 a 15 de setembro, na última rodada dupla da temporada, em Nürburgring, na Alemanha.

Lukas Moraes:

“Esperávamos um pouco mais da etapa, foi uma pista onde pudemos treinar antes, mas a chuva bagunçou bastante as atividades do fim de semana, em alguns momentos, foi uma ‘loteria’ mesmo. No sábado, optamos por começar com pneus de chuva, mas a pista secou muito rápido. Já no domingo, foi uma corrida bem desafiadora, por causa da forte chuva. Consegui fazer uma boa primeira metade de prova, avançar bastante, mas, na segunda parte, o carro não tinha o mesmo desempenho. De qualquer forma, levamos os pontos positivos da etapa, com mais evolução do nosso carro, que é a única BMW do grid, e vamos em busca do vice-campeonato na Silver Cup em Nürburgring”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *