Brasileiro de Marcas: Guilherme Reischl vai a Cascavel de calculadora na mão para administrar a liderança da categoria Trophy

Consolidado na liderança da categoria Trophy e ocupando a segunda colocação na Geral, Guilherme Reischl chega a Cascavel focado em administrar os resultados nesta reta final de temporada do Brasileiro de Marcas. A disputa da sexta etapa do campeonato acontece neste final de semana, no autódromo Zilmar Beux.

“Conseguimos ir muito bem na primeira metade do campeonato e agora temos que manter esse ritmo para consolidar a conquista do título entre os estreantes, que é meu principal objetivo neste meu primeiro ano completo no Marcas”, disse o piloto gaúcho.

A etapa de Cascavel será diferente das demais. Pela primeira vez no ano, os pilotos terão de encarar uma maratona de três corridas em três dias. A primeira prova do final de semana, marcada para sexta-feira, servirá como reposição de uma das corridas da etapa de Santa Cruz do Sul, que havia sido cancelada. Reischl, entretanto, só irá acelerar nas duas primeiras disputas.

“Tenho um compromisso inadiável nos Estados Unidos e precisarei viajar domingo. Como temos a possibilidade de descartar os dois piores resultados no ano, decidimos usar esta carta que temos na manga. Embora seja uma situação contornável, essa estratégia, por outro lado, reduz significativamente a nossa margem de erro. Então temos que trabalhar duro para conquistar dois bons resultados nas corridas de sábado”, finalizou Reischl.

As disputas do Brasileiro de Marcas em Cascavel começam na sexta-feira, com a reposição da etapa de Santa Cruz marcada para as 16h30. No sábado, os carros voltam a pista para mais uma disputa, às 14h45. A prova do domingo será às 9h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *