Caio Collet anuncia participação na Toyota Racing Series na Nova Zelândia

Brasileiro, que é uma das esperanças brasileiras para a F1, fará estreia na competição que terá cinco etapas, com início em janeiro

 

Caio Collet abrirá a temporada 2020 com um novo desafio, na Nova Zelândia. O paulista de 17 anos disputará as cinco etapas da Toyota Racing Series (TRS), após temporada na Fórmula Renault Eurocup, em que foi o campeão entre os estreantes. Na Nova Zelândia, Collet vai se juntar à equipe afiliada mtec Motorsport-Engineered by R-Ace GP.

 

Fazer parte do grid de 2020 da TRS foi uma importante decisão, já que o campeonato correrá com os mesmos carros e pneus que serão utilizados na Fórmula Renault Eurocup 2020, onde o brasileiro seguirá com a equipe R-Ace GP.

Ao lado de outros jovens talentos, o brasileiro está animado para sua estreia na Nova Zelândia em uma temporada de muitas novidades da Toyota Racing Series, que passará a ter um novo carro, um novo motor e novos pneus.

 

“Estou ansioso pelo início da temporada da TRS e será uma grande oportunidade para iniciar meu ano de 2020”, comentou Collet. “Os testes de inverno na Europa foram bons e mal posso esperar para trabalhar com a mtec e R-Ace GP.”

“O grid de 2020 da TRS parece muito forte e estou pronto para este desafio, que será uma ótima preparação para minha temporada na Fórmula Renault Eurocup 2020”, destacou.

A temporada 2020 da Toyota Racing Series, que já foi disputada por grandes pilotos como Lando Norris e Lance Stroll, terá início no Highlands Motorsport Park, em Cromwell, nos dias 17, 18 e 19 de janeiro. Serão cinco etapas até a final em Feilding nos dias 15 e 16 de fevereiro.

Calendário 2020 da Toyota Racing Series:

17-19 Janeiro: Highlands Motorsport Park, Cromwell – Dorothy Smith Memorial Trophy

24-26 Janeiro: Teretonga Park, Invercargill – Spirit of a Nation Cup

1-2 Fevereiro: Hampton Downs Motorsport Park, Waikato – Denny Hulme Trophy

7-9 Fevereiro: Pukekohe Park, Pukekohe – New Zealand Motor Cup

15-16 Fevereiro: Manfeild Circuit Chris Amon, Feilding – New Zealand Grand Prix

Fonte: Motorsport.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *