Caio Lacerda homenageia Humberto Guerra com vitória na segunda etapa da Gold Classic

Piloto paulista da HT Guerra assume liderança do campeonato com resultado da segunda etapa. Disputa pelo título torna-se intensa em todas as categorias

Um segundo lugar na primeira corrida e a vitória na prova final renderam ao piloto paulista Caio Lacerda a vitória na classificação geral da segunda etapa da Gold Classic, disputada no último domingo (9) no autódromo de Interlagos. O piloto da HT Guerra, com o desempenho no evento, assumiu a liderança do campeonato na classe Premium da Divisão 4, tendo como vice-líder seu companheiro de equipe Mauro Kern Júnior, segundo colocado na soma de pontos que determinou as posições de pódio em cada uma das categorias que compõem o campeonato.

Lacerda foi segundo colocado na primeira corrida, vencida por Deninho Casarini – ambos pilotaram exemplares do protótipo Aldee. A disputa pela vitória na segunda prova culminou num toque na saída da curva Bico de Pato, em que Casarini teve um pneu furado e abandonou a disputa. Kern, terceiro em uma corrida e segundo na outra, foi ao pódio em segundo, à frente de Denísio Casarini, piloto de um Willys Interlagos, de Ciro Paciello, inscrito com GM Omega, e de Deninho Casarini, quinto na soma de pontos graças à vitória inicial, completaram o pódio.

A dobradinha de Lacerda e Kern sacramentou a homenagem preparada a Humberto Guerra, criador da HT Guerra, que faleceu em fevereiro vitimado pelo Covid-19. A própria equipe havia providenciado o Troféu Humberto Guerra para entregar no pódio ao vencedor geral da etapa. Telma Guerra e seus filhos Priscila e Humberto Júnior, todos integrantes da equipe, receberam a homenagem no pódio, sob aplauso e certa comoção de todos os participantes presentes. Telma acabou representando ainda todas as mães pela passagem de sua data comemorativa.

Pela classe Stock da Divisão 4 a vitória coube ao catarinense Maurício Reuter, que estreou na categoria e venceu as duas baterias. O paranaense Marcelo Tatsch foi segundo colocado nas duas provas e assumiu a liderança do campeonato – ambos competiram com GM Omega. Ficou à frente do paulista Antonio Paiva e seu filho Felipe Matos, que atuaram em dupla com um GM Opala. O paranaense Maurício Gaudêncio, de Omega, e os paulistas Rogério Barbato e Ricardo Domenech, atuando em dupla com um Opala, completaram as cinco primeiras posições.

A Divisão 3 teve apenas três carros inscritos na classe Turismo. O VW Passat de Paulo Cury não esteve no grid. A dupla Nenê Finotti/Marcelo Fortes, da LF Competições, e Carlos Estites, da HT Guerra, ambos com Ford Escort, revezaram as vitórias – os critérios de desempate deram a vitória na etapa a Estites. A classe GT & Protótipos teve o Espron de Heitor Nogueira vencendo as duas primeiras corridas. Rogério Schuhli/Thiago Brandt, de Aldee, Dudu Pimenta/Luiz Sérgio Santos e Rafael Schuhli, com VW Puma, e Gilberto Koike, de Espron, completaram o pódio.

A classe GT da Divisão 2 teve a primeira vitória de Marcelo Kairis, piloto do Puma da Paddock Racing. Ele venceu a segunda corrida depois do segundo lugar na primeira, vencida por seu companheiro de equipe Willian Chahine. Atual campeão, o mineiro Guilherme Melo sofreu os efeitos de um acidente que danificou seu carro durante a viagem a São Paulo, mas obteve um terceiro e um segundo lugar, ficando em terceiro na pontuação final. Reinaldo Cangueiro não marcou pontos depois do princípio de incêndio em seu Farus TS durante a corrida inicial.

 

Alexandre Peppe levou em seu carro uma homenagem tripla: o layout do Passat número 444 exibiu fotos de Humberto Guerra, Luís Finotti e Fábio Coelho, preparadores de carros de corridas de equipes da Gold Classic que perderam a vida no primeiro trimestre do ano. Peppe manteve-se líder invicto da Gold Classic na classe Turismo da Divisão 2, que teve a dupla paranaense Thiri Lorentz/Arthur Bailo em segundo, à frente do também paranaense Diego Lino e dos paulistas Antônio Chambel Filho e Wesley Cordeiro/Paulo Fiorini.

Na Divisão 1, Everton CostaWagner ultrapassou Cássio Cortes nos metros finais da primeira corrida para manter a liderança invicta do campeonato na classe Turismo. A invencibilidade caiu na segunda prova: terminou em segundo, atrás de Leandro Pedro, seu companheiro de equipe na Coelho Motors, que fazia sua estreia na Gold Classic. Pela classe Speed, em que todos os participantes da etapa são gaúchos, Carlos Guizzo conquistou suas duas primeiras vitórias na categoria, com o campeão Moacir Fighera em segundo e Norberto Kröning Correa em terceiro.

A etapa de Interlagos da Gold Classic foi transmitida ao vivo pelo canal BandSports, com geração de imagens da Master/CATVE. A maior categoria de carros clássicos e antigos do automobilismo brasileiro terá a terceira etapa da temporada no dia 25 de julho no Autódromo Internacional de Curitiba, em programação conjunta com a da etapa paranaense da TCR South America e do Paranaense de Marcas. O calendário apresenta quatro etapas e a última deverá acontecer no último bimestre do ano em Cascavel, no Autódromo Internacional Zilmar Beux.

 

GOLD CLASSIC – RESULTADOS DA SEGUNDA ETAPA

 

Divisão 1/Speed

1º) Carlos Guizzo (RS), VW Fusca, 50

2º) Moacir Figuera (RS), VW Fusca, 40

3º) Norberto Kröning Correa (RS), VW Fusca, 17

 

Divisão 1/Turismo

1º) Everton CostaWagner (SP), VW Passat, 45

2º) Matheus Beccalli (SP), VW Passat, 34

3º) Paulo Henrique Costa/Cássio Cortes (PR/RS), VW Voyage, 31

4º) Almir Morales (SC), VW Voyage, 28

5º) Leandro Pedro (SP), VW Passat, 25

6º) Hamilton Morsch (PR), GM Chevette, 15

7º) Ike Nodari (SC), Fiat Uno, 13

8º) Juliano Meira (SP), VW Voyage, 0

 

Divisão 2/GT

1º) Marcelo Kairis (SP), VW Puma, 45

2º) Willian Chahine (SP), VW Puma, 42

3º) Guilherme Melo (SP), VW Puma, 37

4º) Reinaldo Cangueiro (SP), Farus TS, 0

 

Divisão 2/Turismo

1º) Alexandre Peppe (SP), VW Passat, 50

2º) Arthur Bailo/Thiri Lorentz (PR/PR), VW Gol, 35

3º) Diego Lino (PR), VW Gol, 32

4º) Antônio Chambel Filho (SP), VW Gol, 20

5º) Wesley Cordeiro/Paulo Fiorini (SP/SP), VW Passat, 17

6º) Leandro Kairis (SP), Fiat 147, 13

7º) Fernando Morassi (SP), VW Voyage, 0

 

Divisão 3/GT & Protótipos

1º) Heitor Nogueira Filho (SP), Espron, 50

2º) Rogério Schuhli/Thiago Brandt (PR/PR), Aldee-VW, 37

3º) Dudu Pimenta/Luiz Sérgio Santos (SP/SP), VW Puma, 35

4º) Rafael Schuhli (PR), VW Puma, 17

5º) Gilberto Koike (SP), Espron, 0

6º) Leonardo Almeida (SP), Porsche 914, 0

 

Divisão 3/Turismo

1º) Carlos Estites (SP), Ford Escort, 30

2º) Marcelo Fortes/Nenê Finotti (SP), Ford Escort, 30

3º) Paulo Cury (SP), VW Passat, 0

 

Divisão 4/Stock

1º) Maurício Reuter (SC), GM Omega, 50

2º) Marcelo Tatsch (PR), GM Omega, 40

3º) Felipe Matos/Antônio Paiva (SP/SP), GM Opala, 30

4º) Maurício Gaudêncio (PR), GM Omega, 30

5º) Rogério Barbato/Ricardo Domenech (SP/SP), GM Opala, 17

6º) Franccesco Esposito (PR), GM Omega, 13

 

Divisão 4/Premium

1º) Caio Lacerda (SP), Aldee-VW, 45

2º) Mauro Kern (SP), VW Puma, 37

3º) Rodrigo Pimenta/Dimas Pimenta III (SP/SP), GM Opala, 30

4º) Ciro Paciello (SP), GM Omega, 26

5º) Deninho Casarini (SP), Aldee-VW, 25

6º) Luciano Fracaro (PR), GM Omega, 18

7º) José Carlos Franzói (PR), GM Omega, 18

8º) Denísio Casarini (SP), Willys Interlagos, 17

9º) Paulo Rogério Stelle (PR), GM Omega, 17

10º) Eduardo Berlanda/Wanderlei Berlanda (SC/SC), GM Omega, 17

11º) Giovani Almeida (SP), Aldee-VW, 0

12º) Adir Veneno Júnior (PR), GM Omega, 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *