Campeonato Brasileiro de Turismo: Guilherme Salas conta com “sorte de campeão” e vence em Curitiba

A etapa de Curitiba do Campeonato Brasileiro de Turismo teve um personagem em destaque: Marco Cozzi, piloto da Carlos Alves que dominou os treinos livres, cravou a pole e dominou de ponta a ponta a corrida 1. Entretanto, o dono do campeonato tem nome e sobrenome: Guilherme Salas. O piloto contou com a estratégia traçada pela equipe W2 Racing, e ainda com a sorte de campeão para vencer a corrida 2 na capital paranaense, hoje pela manhã no Autódromo Internacional de Curitiba. Com o mais recente triunfo, Salas alcança a marca de quatro vitórias nas últimas cinco provas, e é mais líder do que nunca do campeonato.

A prova 2 da etapa de Curitiba teve uma largada limpa. O grid de largada foi formado pela ordem de chegada na corrida 1, disputada na tarde de sábado, e os primeiros colocados sustentaram suas posições no início de prova.  A briga por posições se deu apenas no bloco intermediário do grid, principalmente entre os pilotos Tito Morestoni e Flavio Matheus – na briga pela 7ª colocação, Matheus levou a pior e rodou na volta 11.

 

Marco Cozzi, até então com um final de semana tecnicamente perfeito, onde liderou os treinos livres, cravou a pole e dominou de ponta a ponta a corrida 1, comecou a abrir vantagem na 1ª colocação desde a primeira volta. A orientação que vinha dos boxes da equipe Carlos Alves era para que Cozzi buscasse abrir a maior vantagem possível para não correr maiores riscos na prova.

 

Na altura da 15ª volta, a corrida indicava que somente um problema mecânico poderia tirar a vitória das maõs de Marco Cozzi. E foi justamente o que aconteceu. O carro número #23 perdeu desempenho no “s” de alta, e o piloto foi obrigado a ir para a grama. Apesar da adversidade, o próprio Cozzi ligou o carro na chave geral e retornou à pista, sem antes passar nos boxes para reparos.

 

Guilherme Salas, que largou na primeira fila e vinha realizando uma corrida estratégica na 2ª colocação, herdou a ponta e não desperdiçou. Apesar da intensa pressão de Marcio Campos até a última curva, Salas sustentou bravamente a ponta para vencer mais uma vez na temporada.

 

 

Campeonato Brasileiro de Turismo – 2ª Corrida

1. #17 Guilherme Salas, W2 Racing – 26 voltas em 00:37:26.447
2. #31 Marcio Campos, Motortech Competições – a 0.287
3. #26 Raphael Abbate, W2 Racing – a 6.465
4. #44 Betinho Gresse, Nascar Motorsport – a 12.183
5. #27 Christian Castro, Motortech Competições – a 19.593
6. #88 Edson Coelho, R Sports Racing – a 22.128
7. #32 Fernando Fortes, J.Star Racing – a 41.689
8. #43 Vicente Orige/Gustavo Martins, Mottin Racing – a 41.775
9. #36 Flavio Matheus, Carlos Alves – a 49.431
10. #3 Tito Morestoni, R Sports Racing – a 53.744
11. #77 Pedro Saderi, Hitech Racing – a 54.276
12. #2  Mauri Zacarelli, Hitech Racing – a 55.893
13. #69 Gustavo Myasava, J.Star Racing – a 59.644
14. #55 Renato Braga, RKL Competições – a 1:45.659
15. #79 Adibe Marques, Voxx Racing – a uma volta
16. #23 Marco Cozzi, Carlos Alves – a três voltas
17. #13 Rodrigo Gil, RKL Competições – a 14 voltas
18. #11 Pedro Boesel, Mottin Racing – a 14 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *