Campeonato Brasileiro de Turismo: Sábado perfeito para Márcio Campos

Gaúcho da Motortech Competições viu seus adversários caírem um a um, e com o abandono de Marco Cozzi, assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro de Turismo

Hoje o dia foi dele. Na primeira corrida da rodada dupla da etapa de Curitiba do Campeonato Brasileiro de Turismo, Marcio Campos viu os adversários abandonarem a prova mais cedo, aproveitou a oportunidade e conquistou sua segunda vitória na temporada.

A prova desta tarde foi bastante movimentada. Logo na largada houve um acidente envolvendo três carros. Gabriel Robe foi o único que se viu obrigado a deixar a pista mais cedo, mas apesar disso não houve interferência do safety car e a disputa prosseguiu.

Logo depois, problemas para o líder do campeonato. A W2 Racing, que dominou os três treinos livres do final de semana, viu seus pilotos descerem pelotão abaixo. Marco Cozzi teve que abandonar após a batida da primeira curva com o diferencial quebrado, enquanto Felipe Guimarães rodou sozinho na liderança ao passar pelo óleo deixado pelo carro de seu companheiro de equipe, caiu para a 18ª colocação e também acabou deixando a disputa. Apesar disso, ele anotou a volta mais rápida da prova.

Assim, Campos, que venceu no Velopark e havia largado da terceira posição em Curitiba, recebeu a liderança da corrida. As equipes de resgate de pista ainda tiveram trabalho depois que Gustavo Lima rodou e parou na caixa de brita. Precisaram então retirar o seu carro do traçado. Após a bandeira verde, o trabalho de Campos foi administrar a vantagem que tinha para Dennis Dirani, o segundo colocado.

“Em Goiânia tomamos uma pancada na segunda corrida, mas tínhamos um ritmo muito bom. Agora parece que a maré virou a nosso favor, felizmente. O trabalho da equipe tem sido excelente. Estamos em uma sintonia muito grande. Aqui em Curitiba não estávamos muito bem porque a W2 tem um acerto bem diferente e aqui eles se dão muito bem”, reconheceu.

“Talvez eles tivessem um carro melhor na corrida, mas eu vinha na balada deles e acho que essa vitória caiu no nosso colo, porque eu vi que eles se tocaram e eu tentei vir no ritmo do Guimarães, mas não daria para passar. Quando o Cozzi quebrou eu vi que saiu muito óleo do carro dele, tomei alguns sustos nas duas primeiras voltas, e acho que o Guimarães não sabia que tinha óleo ali e acabou passando reto, aí a liderança caiu no meu colo. Depois foi questão de gerenciar a distância para o Dennis”, contou o vencedor, que agora soma 63 pontos e assumiu a liderança com o abandono de Cozzi (52).

Dennis Dirani recebeu a bandeirada na segunda colocação e foi ao pódio pela segunda vez na temporada, enquanto seu irmão Danilo completou o pódio do dia. Pela primeira vez, os dois irmãos, que têm larga experiência no kart, dividem o pódio em uma prova de automobilismo. Gustavo Myasava foi o quarto colocado do dia, e Edson Coelho terminou a corrida no quinto posto.

A segunda prova da etapa de Curitiba do Brasileiro de Turismo tem largada neste neste domingo (31), às 8h40. O grid tem os seis primeiros colocados da corrida em ordem invertida, o que coloca Felipe Donato na pole para o domingo.

Resultado da primeira corrida*:
1º) Márcio Campos (RS/Motortech Competições), 24 voltas em 37min28s085
2º) Dennis Dirani (SP/Shell Racing), a 1s837
3º) Danilo Dirani (SP/Bravar Motorsport), a 2s577
4º) Gustavo Myasava (PR/J. Star Racing), a 7s559
5º) Edson Coelho Júnior (MG/J. Star Racing), a 10s547
6º) Felipe Donato (RS/Nascar Motorsport), 11s964
7º) Mauri Zacarelli (SP/RSports), a 13s099
8º) Lukas Moraes (SP/RR Racing), a 13s268
9º) Pedro Boesel (PR/RSports), a 17s893
10º) Renato Jader David (SP/Hitech Racing), a 18s109
11º) Guto Matiazi (PR/RKL Motorsports), a 18s257
12º) Tito Morestoni (SC/Motortech Competições), a 23s384
13º) Renato Braga (GO/RKL Motorsports), a 52s703
14º) Adibe Marques (PR/Voxx Racing), a 1min12s365
15º) Flávio Matheus (RJ/C2 Team), a 1 volta
NÃO COMPLETARAM
Wilson da Costa Júnior (PR/Nascar Motorsport), a 8 voltas
Gustavo Lima (DF/C2 Team), a 18 voltas
Felipe Guimarães (DF/W2 Racing), a 22 voltas
Marco Cozzi (SP/W2 Racing), a 23 voltas
Gabriel Robe (RS/Motortech Competições), a 24 voltas
Melhor volta: Guimarães, na 2ª, 1min26s030, média de 154,620 km/h
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Classificação do campeonato
1º) Márcio Campos, 63 pontos;
2º) Danilo Dirani, 54;
3º) Marco Cozzi, 52;
4º) Edson Coelho, 46;
5º) Gustavo Myasava, 39;
6º) Dennis Dirani, 37;
7º) Pedro Boesel, 29;
8º) Gabriel Robe, Renato Braga e Felipe Donato, 28;
11º) Felipe Guimarães, 25;
12º) Adibe Marques, 20;
13º) Marco Túlio Souza e Mauri Zacarelli, 17;
15º) Tito Morestoni, 14;
16º) Gustavo Lima, 11;
17º) Lukas Moraes, 9;
18º) Renato Jader David e Flavio Matheus, 7;
20º) Guto Matiazzi, 6.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *