ChampCar: Bruno Junqueira volta a Europa depois de quatro anos

Depois de quatro anos de distância, a ChampCar, um dos campeonatos mais importantes do automobilismo mundial, volta a mostrar sua emoção e equilíbrio em território europeu. Longe do continente desde 2003, quando teve duas de suas etapas em Brands Hatch (Inglaterra) e Lausitzring (Alemanha), a categoria inicia neste domingo (26) uma temporada de duas provas no Velho Mundo. O primeiro palco é o tradicional circuito belga de Zolder, que recebeu a F-1 nos anos 70 e 80. Para o mineiro Bruno Junqueira (Brasil Telecomunicações/Telemont), é a chance de retornar à região em que conquistou alguns dos principais resultados da carreira. Em 2000, em Spa-Francorchamps a poucos quilômetros de distância de onde correrá neste fim de semana, ele conquistava o título intercontinental de F-3000, que lhe abriu as portas do automobilismo americano.

 


runo percorreu ontem, a pé, os 4.218m do circuito belga, que passou por reformas para receber pilotos e equipes da ChampCar. O representante brasileiro na categoria gostou do que viu e espera aproveitar o treino livre da manhã desta sexta-feira para, no jargão da velocidade, “pegar a mão” da pista. Ele já prevê uma grande corrida, com a perspectiva de um grande público nas arquibancadas já que, dos 17 inscritos para a prova, 11 são europeus.


“É sempre muito prazeroso vir correr na Europa. Nesses anos em que a ChampCar esteve ausente do solo europeu perdemos bastante e hoje, mais do que nunca, a grande quantidade de pilotos europeus justifica demais nossa vinda para cá. Pelo que vi o circuito é bastante interessante e promete uma grande corrida. Amanhã será um dia muito importante para pegar a mão do traçado rapidamente, o que será a chave para o sucesso no fim de semana. Nisso eu normalmente sou bom e, sendo assim, tenho ótimas expectativas para a corrida.”


O mineiro ganhou, para o restante da temporada, um importante reforço nos bastidores. Depois de auxiliar a equipe Dale Coyne em Toronto (Canadá), o inglês David Morgan foi efetivado como engenheiro de pista de Bruno. Além de ser um profissional de competência reconhecida – ajudou o polonês Robert Kubica a conquistar o título da F-Renault 3.5 World Series em 2005 – Morgan teve ainda uma destacada carreira como piloto, com direito a participação no GP da Inglaterra de F-1 de 1975. “Já trabalhamos com David em diversos projetos nos últimos anos, e estou feliz em tê-lo de volta em tempo integral, para nos ajudar a manter os ótimos resultados que Bruno vem conseguindo”, destacou Coyne. Depois de Zolder, a ChampCar acelera no traçado holandês de Assen, famoso por ser um dos preferidos dos pilotos do Mundial de MotoGP.



GP da Bélgica
F-Mundial – 11ª etapa
Zolder


Programação
(horários de Brasília)


Sexta (24)
5h40 primeiro treino livre
9h30 segundo treino livre
9h50 primeiro treino oficial


Sábado (25)
5h40 terceiro treino livre
9h30 quarto treino livre
9h50 segundo treino oficial


Domingo (26)
5h30 warmup
9h corrida (o equivalente, em voltas, a 1h45)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *