ChampCar: Newman-Haas-Lanigan faz a dobradinha em Houston

O francês Sébastien Bourdais, da Newman-Haas-Lanigan, venceu neste domingo (22/04) o GP de Houston, nos EUA, terceira etapa da temporada. Foi a 2º vitória consecutiva do francês na temporada e 25º na carreira. O norte-americano Graham Rahal fez a dobradinha da equipe, se tornando o mais jovem piloto a subir ao pódio na história da categoria, aos 18 anos. O holandês Robert Doornbos, da Minardi USA Team, fechou o pódio.

Assim como havia feito em Long Beach, o francês Tristan Gommendy, da PKV Racing, apostou numa estratégia diferente de seqüências de pit stops. Ele alcançou a liderança da prova, mas faltando apenas cinco minutos para o final teve uma pane seca abandonando a prova. Bourdais retonou a ponta da prova e vencendo com 4s818 de vantagem para Rahal.


O australiano Will Power, do Team Australia, que conseguiu convencer os comissários da corrida de que Bourdais o bloqueou na classificação para o grid, ganhando com isso a pole-position, não foi bem na prova. E logo na largada Bourdais, em uma manobra polêmica, ao invéz de contornar a chicane, passou reto, ganhando a ponta da prova. Pouco depois o inglês Justin Wilson, da RSPORTS também passou Power, que caiu para o 3º lugar.


Na 53º volta Power teve que ir aos boxes trocar o bico do carro avariado em uma batida com o Wilson.  Dezesseis voltas depois ele saiu da pista quando estava na traseira do carro do mexicano Mario Dominguez. O então líder da temporada terminou na 11º posição.


O espanhol Oriol Serviá, substituindo Paul Tracy na Forsythe, foi o 4º colocado. O brasileiro Roberto Moreno, que substitui Alex Figge na Pacific Coast, terminou em 12º. Ele chegou a rodar e ficar parado na 47º volta.


Bruno Junqueira, da Dale-Coyne, foi o 7º colocado.


Bourdais assumiu a liderança do campeonato com 74 pontos e parte em busca do tetra campeonato. Power caiu pra 2º com 69. Junqueira é o 5º com 53.


A próxima etapa acontece no dia 10 de junho, o GP de Portland.


Final:


1 – Sebastien Bourdais (FRA) Newman/Haas/Lanigan 93 voltas em 1h45min32seg136
2 – Graham Rahal (EUA) Newman/Haas/Lanigan a 4seg818
3 – Robert Doornbos (HOL) Minardi Team USA a 7seg060
4 – Oriol Servia (ESP) Forsythe a 8seg749
5 – Simon Pagenaud (FRA) Team Australia a 9seg453
6 – Mario Domínguez (MEX) Forsythe a 19seg078
7 – Bruno Junqueira (BRA) Dale Coyne a 19seg780
8 – Ryan Dalziel (ING) Pacific Coast a 20seg329
9 – Alex Tagliani (CAN) RSports a 25seg062
10 – Justin Wilson (ING) RSports a 28seg539
11 – Will Power (AUS) Team Australia a 1 volta
12 – Roberto Moreno (BRA) Pacific Coast a 3 voltas



Campeonato:


Campeonato


1) Sebastien Bourdais (FRA/Newman-Haas-Lanigan), 74 pontos;
2) Will Power (AUS/Team Australia), 69;
3) Robert Doornbos (HOL/Minardi Team USA), 61;
4) Alex Tagliani (CAN/RSports), 57;
5) Bruno Junqueira (BRA/Dale Coyne), 53;
6) Oriol Servia (ESP/Forsythe), 51;
7) Graham Rahal (EUA/Newman-Haas-Lanigan), 46;
8) Justin Wilson (ING/RSports), 41;
9) Tristan Gommendy (FRA/PKV Racing), 39;
10) Simon Pagenaud (FRA/Team Australia) e Ryan Dalziel (ING/Pacific Coast), 38;
12) Mario Domínguez (MEX/Forsythe), 36.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *